Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
TV / BBB

BBB18: Kaysar fala pela primeira vez sobre a morte da ex-namorada: 'Não sei quantas balas ela levou'

Muito abalado, ele relembrou os traumas que viveu antes de deixar a Síria rumo ao Brasil

CARAS Digital Publicado em 08/04/2018, às 16h21 - Atualizado às 21h43

BBB18: Kaysar fala pela primeira vez sobre a ex-namorada - Reprodução
BBB18: Kaysar fala pela primeira vez sobre a ex-namorada - Reprodução

O sírio Kaysar surpreendeu os fãs neste domingo, 8, ao falar pela primeira vez sobre a perda da namorada na guerra que assombra o país.

Conversando com Jéssica no quarto do líder, ele falou dos momentos difíceis que passou.

"Me dá dor no meu coração quando eu lembro dos amigos que eu perdi na guerra. Eu penso assim, se eu estivesse lá com eles, talvez estaria também morto. Todos os melhores amigos que eu tinha, estudei com eles. Perdi tantas amizades, tantas pessoas perto de mim, eram muitos amigos. Uma das histórias piores: meu amigo tava falando com a mãe dele, falando parabéns no dia das mães, e levou bala na cabeça dele. Morreu. Quantas vezes essa lembrança vem na minha cabeça... Me dá uma tristeza e, ao mesmo tempo, agradeço muito que não aconteceu isso comigo, eu tô vivo até agora. Eu tenho outros amigos que já eram, outros que foram sequestrados, furaram o corpo deles, outro cortaram pedaços e jogaram fora. Umas coisas pesadas. Quando eu vou lembrar, é muito ruim, na verdade", disse ele.

O brother também falou pela primeira vez sobre a morte da ex-namorada.

"A história minha com minha primeira namorada foi ótima, linda, maravilhosa. E como acabou? Péssimo. Tudo que tava, até esperar pra ver ela, até conseguir conquistar o coração dela, segurar a mão dela, eu demorei tanto tempo e aí... Como acabou a história, é ruim quando eu lembro. É pesado. Ela morreu, sabe? Mas do jeito que ela foi, é uma coisa ruim. Não sei porque tô falando agora, mas é pesado, não sei quantas balas ela levou", disse muito abalado.

AMOR AO BRASIL

Em outro momento, ele também elogiou o povo brasileiro e a vida que vive por aqui.

"Muito bom, por isso eu falo que ninguém me tira daqui, do Brasil, só Deus. Por isso eu defendo muito o Brasil. Sempre defendi, desde que cheguei", disse. "Tu foi a primeira pessoa que eu conheci que fugiu de uma guerra".