Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Bárbara Evans diz que removeu tatuagem polêmica em oito meses: 'Fui guerreira'

Atriz virou assunto ao homenagear os pais com tatuagens nos braços em 2013; arrependida, ela passou por um longo processo de remoção do desenho

CARAS Digital Publicado em 17/01/2017, às 10h53 - Atualizado em 15/05/2019, às 11h35

Bárbara Evans - Instagram/Reprodução
Bárbara Evans - Instagram/Reprodução

A atriz Bárbara Evans voltou a falar sobre a remoção da tatuagem polêmica que ela fez nos braços em 2013. Na época, o desenho virou assunto nas redes sociais.

A tatuagem homenageava a mãe e o pai da atriz. 

+ Juliana Paes se derrete por Bárbara Evans na TV: "Vocês vão se surpreender com essa menina"

Segundo Bárbara, a remoção do desenho foi dolorida. "Dói muito mesmo. A remoção dói mais que fazer a tatuagem. Por isso, dão até anestesia, mas tem uma quantidade certa. Fica como se fosse uma queimadura. Depois da sessão é preciso ter alguns cuidados especiais, como não tomar sol e passar várias pomadas. Aí, cria uma casca e fica com bolha de sangue. Mas não ficou nada da tatuagem, zero. Fui abençoada. Meu médico disse que Deus me ajudou, mas fui guerreira e cuidei direitinho", contou ao GShow.

A atriz revela que o processo de remoção durou oito meses. "Tem que tomar muito cuidado, porque alguns dermatologistas não são bons e acabam machucando. Não adianta querer tirar a tatuagem em quatro meses. A minha, por exemplo, demorou oito meses para sair. Tem todo um processo e a sessão é uma vez por mês", diz.