Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
TV / Sucesso!

36ª edição do Show do Criança Esperança é marcado por parcerias musicais e foco em educação

Este ano, a campanha, que começou no dia 03 de julho, voltou a receber doações do público

CARAS Digital Publicado em 24/08/2021, às 07h33 - Atualizado às 08h02

Parceria musical e foco em educação marcam Criança Esperança - Reprodução/TV Globo
Parceria musical e foco em educação marcam Criança Esperança - Reprodução/TV Globo

O lema da campanha do 'Criança Esperança 2021' é Educação é a nossa esperança. Tema que também esteve presente no show da noite da última segunda-feira, 23, que contou com a apresentação das cantoras Ivete Sangalo (49) e IZA (30), da jornalista Maju Coutinho (43) e do apresentador Luciano Huck (49). Os artistas, filhos de professores, falaram sobre a experiência no palco e apresentaram diversas atrações musicais. 

No palco, Ivete, que está apresentando o The Masked Singer Brasil, se reuniu com Barões da Pisadinha; Zezé Di Camargo e Luciano cantaram com Israel e Rodolffo; e Dea Lúcia, mãe do eterno e inesquecível Paulo Gustavo (1978 – 2021), fez uma homenagem ao filho e a todas as vítimas da Covid-19.

- Aos 42 anos, Paulo Gustavo morre após mais de 40 dias internado devido a complicações da Covid-19

De São Paulo, o show trouxe o dueto entre Luan Santana (30) e Isadora Pompeu (22), além do trio Emicida, Drika e Majur. Diretamente de Quixadá, no Ceará, Juliette (31), campeã do BBB21, interpretou duas músicas ao lado de Wesley Safadão (32). Já o DJ Alok (29) se apresentou com o grupo Melim e a cantora Maria Fernanda.

Além dessas atrações, também marcaram presença Regina Casé 67), Gil do Vigor (30), a medalhista olímpicaRebeca Andrade (22) e o ator, Babu Santana (41). 

Vale pontuar que o Criança Esperança teve sua largada no dia 3 de julho, no 'Caldeirão do Huck'. Este ano, com o conceito “Educação é a nossa esperança”, a campanha de mobilização social direciona todos os recursos arrecadados para manter na escola quem mais precisa.

"A UNESCO está muito feliz que o foco do Criança Esperança deste ano seja a educação, que transforma vidas e é a melhor forma de se criar oportunidades para empoderar pessoas e construir um futuro mais justo para todos. Durante a pandemia da Covid-19, a educação foi duramente afetada, no Brasil e no mundo, com crianças, adolescentes e jovens longe das salas de aula. Agora é o momento de assegurar que todos possam retornar de forma segura para a escola, esse território sagrado não apenas para a aprendizagem, mas também como parte essencial da rede de proteção social. É com muito orgulho que a UNESCO é parceira da TV Globo no Criança Esperança, projeto que, há 36 anos, contribui para promover o desenvolvimento humano e a inclusão social dos mais vulneráveis”, afirmou Marlova Jovchelovitch Noleto, Diretora e Representante da UNESCO no Brasil.

Sobre o 'Criança Esperança' 

Há 36 anos, o projeto cria oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens em todo o país. Até hoje mais de R$ 420 milhões em doações foram investidos no Brasil em mais de seis mil projetos sociais, beneficiando mais de quatro milhões de crianças, adolescentes e jovens em todo país. É possível fazer doações durante o ano inteiro, pelo site do ‘Criança Esperança’ (www.criancaesperanca.com.br), e pelo pix  esperanca@unesco.org. Os recursos arrecadados são depositados diretamente na conta da Unesco, que é responsável pela seleção de projetos, por meio de edital público, realizado anualmente, além de monitorar e fazer o acompanhamento técnico e financeiro das instituições apoiadas. O ‘Criança Esperança’ é uma campanha de milhões de brasileiros, uma parceria Globo e UNESCO.