Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Viviane Pasmanter visitou bordeis em pesquisa para peça

Em entrevista ao Programa do Jô, a atriz Viviane Pasmanter contou quais foram suas preparações para viver uma cafetina na peça 'Vestido de Noiva', de Nelson Rodrigues

Redação Publicado em 21/04/2012, às 02h21 - Atualizado às 02h29

Viviane Pasmanter - AgNews
Viviane Pasmanter - AgNews

Longe das telinhas desde 2010 com a novela Tempos Modernos, a atriz Viviane Pasmanter (40) reestreiou no último mês uma nova versão do clássico de Nelson Rodrigues (1912 – 1980), Vestido de Noiva, no Rio de Janeiro. E para viver sua personagem Madame Clessi, uma cafetina que orienta os desejos e alucinações da protagonista Alaíde, sua pesquisa foi bastante diversificada.

Fomos a alguns bordeis no Rio de Janeiro para pesquisar mais sobre a personagem. A peça antigamente era ambientada em cabaret, não é o caso desse que a gente montou. Mas fomos a algumas dessas casas para pegar o clima”, revelou a atriz durante entrevista ao Programa do Jô.

Mais jovem e diferente da maioria das atrizes que interpretam Madame Clessi nas montagens de Vestido de Noiva, Viviane Pasmanter contou detalhes sobre a importância de sua personagem na estória. “Ela é uma cafetina de 1905, uma mulher que a protagonista sonhava e desejava ser. No plano das ideias de Alaíde, Clessi vai ajudá-la a desvendar as coisas que ela não lembra mais e não entende”, contou.

Para a nova montagem, todo o elenco fez aulas de samba e ópera, além de alguns atores treinarem le parkour para as cenas dos ‘outros planos’ da mente da protagonista da história.