Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Imbatível dupla Kiara Sasso e Saulo Vasconcelos

Estrelas dos musicais no país brilham em a madrinha embriagada, a nova joia de Falabella

CARAS Publicado em 20/08/2013, às 21h10 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

O grandioso espetáculo, em cartaz gratuitamente pelos próximos 11 meses, reúne orquestra com 15
músicos e 25 atores, que usam 180 deslumbrantes peças de figurino. - João Passos/Brasil Fotopress
O grandioso espetáculo, em cartaz gratuitamente pelos próximos 11 meses, reúne orquestra com 15 músicos e 25 atores, que usam 180 deslumbrantes peças de figurino. - João Passos/Brasil Fotopress

Palco de adaptações dos maiores e mais importantes musicais da Broadway, São Paulo agora vira cenário de uma delas. Trata-se de A Madrinha Embriagada, que narra a história de uma musa de teatro que pretende abandonar a carreira para se casar com um empresário. Adaptado e dirigido com garbo por Miguel Falabella (55), o espetáculo reúne a nata dos musicais brasileiros — Kiara Sasso (34), Paula Capovilla (35), Sara Sarres (32), Saulo Vasconcelos (39) e a estrela Stella Miranda (62) como a personagem-título da obra — reverenciada por vips na badalada noite de estreia, no teatro do Centro Cultural Fiesp, em SP.

Responsável pelas bem-sucedidas versões de Alô Dolly!, CabaretXanadu, A Gaiola das LoucasHairspray e Os Produtores, Falabella inova ao transportar o enredo original para a São Paulo dos anos 1920. “Foi um trabalho árduo adaptar para o Brasil e ao mesmo tempo ser fiel ao texto. Fiquei comovido que Lisa e Dom vieram assistir. Ela disse que não chorou na Broadway, mas chorou aqui”, conta ele, citando dois dos quatro autores da premiada comédia musical, criada em 1998, Don McKellar (50), que assina o texto com Bob Martin (50), e Lisa Lambert (50), autora das músicas ao lado de Greg Morrison (48), ambos presentes.

Falabella, o elenco e os convidados estavam radiantes com a iniciativa da Fiesp e do Sesi-SP em levar A Madrinha Embriagada ao público gratuitamente. A peça integra o Projeto Educacional em Teatro Musical, que engloba ainda a formação de atores e oficinas nas escolas. “A iniciativa de formar público por meio de ingressos gratuitos é fenomenal, uma grande oportunidade. A cultura e o teatro agradecem”, vibra Oscar Magrini (52). “É um grande projeto, uma oportunidade imperdível para todos que já gostam de teatro ou que ainda não viram um espetáculo e querem conhecer a arte”, reconhece a atriz e cantora Amanda Acosta (34), ovacionada como a protagonista do musical My Fair Lady, de 2007, com o amado, o ator André Fusco (40).

Dupla de maior sucesso em musicais brasileiros, Kiara e Saulo se reencontram depois de parcerias inesquecíveis em A Bela e a Fera, O Fantasma da Ópera, A Noviça Rebelde e Mamma Mia!“É um prazer e uma honra estar neste projeto com colegas queridos e competentes. A peça é de alta qualidade e o fato de ser gratuita só contribui para que mais pessoas venham, se divirtam, gostem”, ressalta Saulo, que vive o dono de teatro Sr. Iglesias. “É especial porque as pessoas estão ali fazendo o que estudaram a vida toda para fazer. Acho que vai agradar até quem não gosta muito de musical”, fala Kiara, que, ironicamente, interpreta Eva, uma corista sem talento.

A Madrinha Embriagada fica em cartaz em São Paulo até 29 de junho do próximo ano e a expectativa é reunir 150000 espectadores durante a temporada, desde já um marco no sonho de popularizar os musicais, um dos mais fascinantes gêneros teatrais da história da arte contemporânea, no Brasil.