Teatro ESTREIA

Ao lado da mãe, Paulo Gustavo fala sobre feminismo e homofobia em novo espetáculo 'Filho da Mãe'

segunda 22 abril, 2019
Paulo Gustavo e Déa Lúcia em 'Filho da Mãe'
Paulo Gustavo e Déa Lúcia em 'Filho da Mãe' Teca Lamboglia/Fotografia


Com muito humor e música, a peça do ator com a mãe Déa Lúcia, aborda temas sociais de grande relevância

Representatividade, música, humor e muitas piadas sobre o cotidiano. O novo espetáculo do humorista Paulo Gustavo, Filho da Mãe, ao lado de Déa Lúcia, é uma verdadeira homenagem à todas as mulheres fortes que se dividem entre trabalho e maternidade!

Com curta temporada em 13 cidades que já estão praticamente esgotadas, a CARAS Digital conferiu de perto a estreia do show no teatro Tom Brasil, em São Paulo, na última noite de sábado, 20. Sempre se inspirando em sua mãe, o humorista que ficou conhecido por dar vida a personagem Dona Hermínia, no sucesso Minha Mãe É Uma Peça, decidiu realizar o sonho de Déa: voltar aos palcos.

Ao som Crazy In Love, música de Beyoncé, o tema da apresentação é introduzido pelo próprio ator que aparece em vídeo no telão do palco. "Minha mãe sempre teve sonho de cantar, então quis proporcionar isso à ela. Eu acho que temos que homenagear as pessoas que amamos em vida, e não depois que morrem", contou o comediante.

Cantora de bares e boates no passado, uma das formas que sustentava a casa, a mãe de Paulo Gustavo mostrou que o tempo só lhe fez bem ao interpretar grandes clássicos da música popular brasileira. Elis Regina, Rita Lee, Ary Barroso, e até mesmo Anitta e Ludmilla, fizeram parte do vasto repertório musical da artista.

Ainda no ínicio do espetáculo, Paulo ressaltou que apesar do feminismo estar em pauta nos dias de hoje, em sua família sempre foi um assunto presente. "Sempre estive rodeado por mulheres fortes, as minhas tias são todas malucas", falou o ator, que também acompanhou a mãe em praticamente todas as canções do musical.

Na chegada do evento, a atriz Mônica Martelli revelou em primeira mão o sucesso do amigo como cantor: "Um arraso!". Durante a apresentação, a morena foi citada pelo colega como uma referência de mulher fortes: "Mônica também doida de pedra igual eu. Ela é tudo!", falou o intérprete.

Em um dado momento da produção, o tema homofobia foi centro dos holofortes. "As vezes me perguntam como era ser mãe de um homossexual e eu sempre digo que é a mesma coisa que ser mãe de um hétero", declarou Déa. "Eu queria saber o que a oritenção sexual tem a ver com o caráter da pessoa", finalizou a cantora que foi ovacaionada pelo público com gritos e aplausos em forma de apoio.

por Ana Beatriz Gonçalves
Atualizado quarta 25 setembro, 2019 (318021)

Mais conteúdo sobre:

COMPRE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Aos 45 anos, musa colocou bumbum empinado para jogo nas redes sociais e impressionou os seguidores Nubia Oliiver exibe corpão em micro lingerie e surpreende
  2. 2 Flávia Alessandra mostra cantinho fofo de sua casa luxuosa
  3. 3 A Fazenda: Lucas fala com Diego e teme por Hariany na roça
  4. 4 Lívia Andrade surge mais magra e impressiona com mudança
  5. 5 Gracyanne Barbosa impressiona com bumbum gigante em treino
  6. 6 Globo faz mudança na programação e não exibirá o Encontro
  7. 7 Paolla Oliveira posa ao lado de galã e encanta com registro
  8. 8 Elenco comenta sobre o que esperar do longa
  9. 9 Tiago Abravanel traz novidades de sua vida e seu programa
  10. 10 Di Ferrero surge em clique inusitado em cenário paradisíaco