revista Moda

Talento de Sérgio Mattos: moda e TV

Vertente do agente que lançou vários grandes nomes no mercado

Revista CARAS Publicado segunda 13 abril, 2020

Vertente do agente que lançou vários grandes nomes no mercado
Com Luma Leal, Raquel Sallon, Bruna Ravaglia, Amanda Brandão e Sthefany Tomaz, Mell Zaccanaro, Greice Fontes e Paula Lacroix. - Cadu Pilotto

Não foram poucos os nomes que se tornaram famosos após passarem pelas mãos de Sérgio Mattos (55). Dono da agência 40º Models, no Rio, o descobridor de talentos alavancou a carreira de Juliana Paiva (27), Cauã Reymond (39), Agatha Moreira (28), Mariana Rios (34), Bia Arantes (27), Pablo Morais (27), Felipe Roque (32), Márcio Garcia (49)... “Nunca planejei chegar onde cheguei, mas sempre me dediquei ao máximo em tudo. Desde que comecei a descobrir modelos e encaminhar novos talentos para o mercado da moda e da TV descobri que levava jeito para a coisa”, contou ele. “Gosto muito de ver minhas descobertas dando certo, tanto nas passarelas, quanto na TV. Cauã é um ícone. Ana Beatriz Barros, Raica Oliveira, Daniella Sarahyba, Isabeli Fontana, Fernanda Tavares... Amo muito”, completou, orgulhoso de seus 31 anos de carreira.

A top Gisele Bündchen (39) também passou pelas mãos de Sérgio Mattos. “Estive próximo da Gisele de 1994 a 1999, quando fui booker dela na agência Elite e a trazia para os desfiles do Fashion Rio e do BarraShopping. Acho que nunca teve outra modelo com o carisma dela. Merece todo o sucesso. Sempre foi muito querida comigo. Estávamos juntos na primeira viagem internacional dela, para Ibiza, em 1994”, revelou.

Com tanta experiência, Sérgio explica que não é fácil se manter no mercado da moda. O segredo é se reinventar sempre. “E ter seriedade”, afirmou. Em seus mais de 30 anos de profissão, ele garante que, hoje, as exigências são completamente diferentes da época em que começou. “O mundo está mudando. Com as redes sociais, o mercado da moda também está neste novo ritmo e ainda estamos nos adaptando às novas mudanças. Penso que a moda está mais democrática e os perfis fora do padrão ‘passarela’. As modelos plus size estão em alta, além de as negras terem conquistado mais espaço, assim como as asiáticas e latinas que estão bombando. O exótico é bem vindo”, explicou. A inserção cada vez maior de modelos trans, para o agente, também é definitiva. “Faz parte dessa mudança de mercado. É a aceitação do novo e do diferente. A moda é livre de preconceitos.

Quando não está caçando novos talentos, Sérgio Mattos se dedica à sua outra veia artística. Ele acaba de se lançar como escritor, com o livro de poesias Era Uma Vez Um Poeta..., o primeiro do que parece ser o início de uma nova carreira. “Sempre escrevi, mas nunca mostrava para ninguém, até que comecei um grupo de poesias na agência. Então, resolvi fazer o livro e escolhi 33 poesias. São momentos, pessoas, lugares, tudo me inspira. Tenho muita coisa que ainda quero botar no papel. E também quero fazer um livro de fotografias. São tantos registros de backstages, viagens e modelos, que merece um livro especial.

Último acesso: 02 Dec 2020 - 09:53:27 (348723).

Leia também

TV CARAS