revista Abre

Romance de Karen Júlia e Rafael Sardão

Para os dois atores, o diálogo é a melhor forma de evitar crises

Bianca Portugal Publicado sexta 22 maio, 2020

Para os dois atores, o diálogo é a melhor forma de evitar crises
Junto há quase oito anos, o casal planeja filhos - Cadu Pilotto


Aquelas pequenas irritações que todo casal eventualmente tem, e que o isolamento e o convívio ininterrupto podem agravar, são tratadas pelos atores Rafael Sardão (38) e Karen Júlia (36) com conversas tranquilas. “Não podem se tornar minas prestes a explodir. A gente, aqui em casa, desarma estas minas com diálogos abertos e francos sobre o que cada um está sentindo, expondo o sentimento sem rancor ou tentando impor ao outro”, explicou ele. “Nem sempre é fácil. Aliás, quase nunca é fácil. Mas nós acreditamos que seja um processo de tomada de consciência, de entender o que no outro te incomoda, e por quê. O caminho mais efetivo para manter o convívio e a relação saudáveis é o diálogo”, completou. O casal tem cumprido a quarentena e aproveitado o período para cuidar ainda mais do apartamento onde moram, no Rio, sem esquecer de ajudar o próximo. “A gente se adapta, né? Sempre. A questão é se vamos fazer isso com alegria, amor ou com irritação, rancor e ansiedade. Aqui em casa, estamos investindo em boas leituras, em assistir a boas séries e em cuidar da casa, nos pequenos detalhes que agora, estando em casa durante todo o tempo, conseguimos identificar com mais facilidade: pequenos ajustes em armários, aquela faxina nas roupas e coisas que vamos acumulando em casa sem motivo, e que podem ser doadas para quem precise mais. Já tiramos quatro sacolas grandes de roupa para doar. Isso, além de limpar a casa e o ambiente dentro da casa, ainda traz o benefício de poder ajudar a quem precisa. Eu aconselho. O bem- estar é tremendo”, ensinou Rafael.

Os atores se conheceram em uma companhia de teatro. “Ele era assistente de direção e, na primeira roda que fizemos para conversar, falamos de solidão e ele contou que havia terminado um relacionamento de sete anos. Na hora, todo mundo pensou em nos unir. Mas, de fato, rolou tudo muito rápido e 15 dias depois já estávamos ficando”, revelou Karen. Um ano e meio se passou e Karen completou 30 anos. Na festa, Rafael cantou Dia Branco, de Geraldo Azevedo (75), e a pediu em casamento. “Foi lindo demais!”, derreteu-se a atriz. Em 2017, após alguns anos morando juntos, eles oficializaram a união.

Já com as alianças, eles se mudaram para o apartamento onde vivem até hoje. “A gente entrou aqui e não tinha nem luz elétrica ainda. Compramos uma comida e um vinho e sentamos no chão”, lembrou Rafael. “E o Rafa ainda sujou a parede de vinho. E a parede era a única coisa que estava pronta”, brincou Karen.

Três anos depois, o endereço e o romantismo continuam os mesmos. A bagunça também. “Nós dois somos um pouco desorganizados. Isso me incomoda porque fico tentando cobrar dele uma coisa que eu não sou”, confessou ela. Mas se o fogão é território de Rafael — ele se diverte cozinhando, enquanto Karen sabe, mas não gosta —, o sofá é onde os dois relaxam com o que mais gostam de fazer em casa: ver séries na TV. “A gente senta, começa uma série e vai embora. Quando vê, já é de madrugada e estamos dormindo no sofá mesmo. Aí um acorda o outro e vamos para  o quarto, mas só mudamos de cômodo para continuar a série até dormir de vez”, contou o ator, divertindo-se com a situação.

Antes da pandemia do novo coronavírus, o casal também se divertia muito saindo com amigos ou recebendo em casa. Agora, também aproveitam o tempo para se manter profissionalmente ativos. “Tanto eu quanto a Karen estamos envolvidos em alguns projetos de audiovisual durante a quarentena. Estamos produzindo material para, em breve, colocarmos no mercado.” Na vida pré-isolamento, Karen estava se dividindo entre a novela bíblica Gênesis, da RecordTV, e a segunda temporada de Arcanjo Renegado, série exibida na plataforma de streaming GloboPlay. Rafael passava a maior parte do dia gravando a novela Amor sem Igual, também da RecordTV, onde vive o protagonista Miguel. Com as gravações de ambos paradas, Karen participou de um edital para curtas-metragens em tempo de quarentena, ganhou o prêmio e vai exibir o trabalho, inspirado na peça de teatro O Abutre, em plataformas digitais. Rafael já havia escrito um livro de contos que nasceu de um projeto de teatro que acabou não acontecendo e está em editoração; e agora tem se aventurado no segundo, desta vez um romance de ficção. “Já plantei uma árvore, já escrevi um livro, só falta um filho”, brincou ele. Mas o bebê também faz parte dos planos do casal. “Eu já estava abrindo a porteira. A gente já estava planejando ter, mas adiamos por conta das nossas gravações e porque eram projetos muito bons. Mas estou com 36 anos, quero, sim, engravidar assim que der”, revelou Karen.

Último acesso: 29 May 2020 - 04:57:46 (352532).