Revista Veja Também

O solteiro e empreendedor Ricardo Macchi

No deck da piscina, Macchi explica por que decidiu terminar namoro de oito anos.
No deck da piscina, Macchi explica por que decidiu terminar namoro de oito anos. Sheila Guimarães


Na Ilha , ator anuncia fim da relação com Ellen Rocche e conta seus projetos ambientais

Separado da atriz Ellen Rocche (30), o ator, produtor e documentarista Ricardo Macchi (40) explica que o relacionamento de oito anos dos dois deu lugar a uma bela e sólida amizade. "Foi uma decisão bem acertada, com muita responsabilidade, amor e consideração. Continuamos excelentes amigos e nos falamos diariamente, várias vezes ao dia", explica ele, que faz mistério sobre uma possível volta. "O futuro? A Deus pertence, nunca sabemos...", despista. Bem resolvido na questão sentimental, Ricardo tem se dedicado integralmente aos projetos na área socioambiental. Recentemente, foi contemplado com o troféu JK - com cerimônia em Brasília - na categoria Empreendedorismo. "Abri minha produtora, a Wortex, em 1996. E, desde 2003, foco no ramo socioambiental. Estou finalizando dois projetos agora. Um sobre a reserva do Tinguá, na Baixada Fluminense, e outro sobre a Cidade de Deus, chamado Grão. Passei um ano e meio gerando imagens de conteúdo", orgulha-se ele, que já realizou mais de 30 documentários. - Como você e Ellen estão? - Nos amamos muito, mas não posso ficar em São Paulo e deixar meus negócios no Rio. Da mesma forma que ela não pode deixar sua família e o maior mercado de publicidade em SP. Debatemos nossas decisões, somos muito ligados um ao outro, porém, o momento não envolve a vida matrimonial. - No Rio, você tem feito muito sucesso como produtor. Como surgiu o seu interesse por essa área socioambiental? - Sempre gostei de questões ambientais. Além disso, sou o mais novo da família e herdei vários livros, me informei muito. Sempre fui muito brasileiro, atento ao quadro político e aos problemas ligados à ecologia. Defendo a consciência em relação à natureza e a inserção de novos valores. Aos 17 anos, eu parei de comer carne vermelha. - Receber o troféu JK por Empreendedorismo foi um grande reconhecimento... - Ganhei porque, em 2007, quando começou o Cine Ambiental, em Gramado, eu era o maior produtor independente de educação ambiental. E passei disso para documentários com visão sociológica, em comunidades carentes como a Cidade de Deus, no Rio. - E os próximos projetos? - Fechei agora uma megaparceria em um projeto chamado Expedição Memória Brasil. Ele registrará, como documentário e enciclopédia, 286 municípios brasileiros que possuem patrimônio histórico móvel e imóvel, tombados em todo o país. Começa na virada do semestre e sou um dos produtores contratados. - Abandonou a atuação? - Não. Fui o único ator da minha geração a estrear como protagonista, em Explode Coração (1995/96), mas não tive uma boa estratégia naquela época. Nunca corri atrás de trabalho, atuo no que me chamam. Engraçado é que, seja no elevador ou no trânsito, as pessoas cobram diariamente minha volta à televisão.

Mais Notícias

terça 11 maio, 2010
terça 11 maio, 2010
terça 11 maio, 2010
Atualizado quinta 13 maio, 2010 (144800) | 20/07/2019 05:27:25

Mais conteúdo sobre:

ASSINE E GANHE

ILHABELA CARAS

  1. 1 Brasiliense morando no Rio, ele curte ilha de bike em folga da novela A Ilhabela do ator Rainer Cadete
  2. 2 Rainer Cadete curte Ilha de CARAS em folga da novela

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Esposa de Michel Teló esbanja beleza em selfie e encanta Thaís Fersoza surge deslumbrante em selfie
  2. 2 Phelipe Siani e Mari Palma terão programa juntos
  3. 3 Rafael Vitti choca ao relembrar clique seu de bebê com o pai
  4. 4 Carla Perez encanta com novos cliques da família na Europa
  5. 5 Amadeu alerta Maria da Paz sobre compra de mansão
  6. 6 Alok faz linda homenagem para Romana Novais
  7. 7 Ticiane Pinheiro mostra a filha e brinca com semelhança
  8. 8 Neymar choca ao mostrar avatar igual a Bruna Marquezine
  9. 9 Preta Gil leva susto de marido, Rodrigo Godoy
  10. 10 Felipe Dylon é visto quase irreconhecível