Revista Veja Também

Lana Rodes com Sérgio Knust: cinco anos de amor

segunda 17 maio, 2010
Na piscina, Lana, 21 anos mais jovem que Sérgio, conta que morre de ciúmes do amado.
Na piscina, Lana, 21 anos mais jovem que Sérgio, conta que morre de ciúmes do amado. RENATO VELASCO/RENATO M. VELASCO COM E FOTOG.


Na Ilha, eles lembram início do namoro e do preconceito enfrentado pela diferença de idade

Em contagem regressiva para celebrar cinco anos de união, em junho, a atriz Lana Rodes (23) e o marido, Sérgio Knust (44), guitarrista do grupo Yahoo, festejam a data antecipadamente, durante temporada na Ilha de CARAS, onde relembram sua história de amor. "Para uma relação dar certo, não se pode deixá-la esfriar no cotidiano. Mesmo estando juntos há um tempo, os dois precisam sempre de carinho e de se alimentar de coisas novas. Nós vivemos o momento família com nossa filha, Manuela, de 1 ano, e com o André Luiz, de 15, e o Guilherme, de 12, meus herdeiros de outra relação. Mas reservamos sempre um tempo só para nós dois", ensina ele. "Eu morro de ciúmes do Sérgio e vice-versa. Quem ama cuida. Nos amamos tanto que fazemos o possível para ficarmos sempre juntos, pois quando alguma situação nos mantém distantes, nós ficamos deprimidos", acrescenta ela,que foi Paquita, de 1999 a 2002, e que no segundo semestre encena, no Rio, a peça Más Companhias. Ela também retorna à telinha na novela Vivendo o Amor, da Record, mesma emissora em que atuou na minissérie A História de Ester e nas novelas Caminhos do Coração e Os Mutantes - Caminhos do Coração. - A diferença de idade interfere de alguma forma na relação? Sérgio - Não sei se isso algum dia vai pesar para ela, mas até agora não atrapalhou, até porque somos tranquilos e parecidos, gostamos de ficar em casa e receber nossos amigos. - Lana, como seus pais reagiram quando você contou que estava namorando um homem com quase o dobro da sua idade? Lana - Eles ficaram com receio de ele ser um conquistador barato. É natural, porque a instituição família lá em casa sempre foi forte. Meus irmãos, Hugo e Luana, casaram direitinho (risos), aí apareço com um homem mais velho. Mas ele fez questão de conversar com minha mãe. Quando existe diálogo, tudo se resolve mais fácil. Sérgio - Eu tirei a caçulinha de casa. Cheguei para conversar com a família com a certeza de que queria ficar com ela. E quando começamos a conviver, nos unimos muito rapidamente e forte. - Sérgio, você sofreu resistência dos seus filhos? Sérgio - Não apenas deles, mas das pessoas mais próximas. Achavam que era uma aventura e que isso não iria adiante. Lana - Mas as crianças têm o maior orgulho, porque o papai é casado com uma menina nova e bonitinha (risos). O preconceito vem mais da sociedade, pela diferença de idade e por acharem que tínhamos um envolvimento antes de ele se separar. E isso não é verdade. Com André Luiz e Guilherme, eu sou a amiga mais velha, aquela que dá conselhos. Os dois me respeitam muito. Eu não interfiro na criação. Isso quem faz é o Sérgio e a mãe deles. - Como vocês se conheceram? Sérgio - Foi no meu estúdio, não é, amor? Fiquei impressionado com o jeito elegante dela. Mas só olhei. Na época, não rolou nada. Lana - Trabalhei com a Xuxa e ia gravar backing vocal para os CDs dela, em 2001. Três anos depois, o Yahoo precisava de uma cantora e eles me chamaram para gravar a voz guia das músicas. Ficávamos cinco horas conversando banalidades. Nossa história de vida é parecida. Nós dois viemos de cidades pequenas. Ele, de Nova Friburgo, Rio, e eu, de Manoel Ribas, no interior do Paraná. Mas só conversávamos. Levou uns três meses para sair o primeiro beijo. - Sérgio é muito tímido? Lana - Ele é respeitador. Sérgio - Eu não tinha coragem de falar que gostava dela. Lana - Quem teve que se declarar primeiro nessa história fui eu. - Mas por quê? Sérgio - Meu casamento estava falido há muito tempo, mas eu ainda não tinha me separado. Foi uma coisa muito pensada. A gente teve cuidado para não magoar ninguém. Depois as coisas se acertaram. - Oficializaram a relação? Lana - Após um ano e meio, nós fomos morar juntos. Um ano mais tarde, viajamos para Portugal. Um dia, vi uma igrejinha e pedi para sentar um pouco na porta dela. Ele começou a falar do nosso amor e me surpreendeu tirando as alianças do bolso. Neste momento, coincidentemente, o sino da igreja começou a tocar. Mas até hoje não oficializamos. Naquela época, quando voltamos ao Rio, mudamos de casa e acabei engravidando. Achei melhor não casar grávida porque acho um mico (risos). Até hoje nós estamos enrolando. - Por que decidiu se unir a alguém ainda tão jovem? Lana - Minhas amigas me fazem a mesma pergunta. E eu respondo: vai comer lá em casa! Sérgio cozinha muito bem (risos). O forte dele são os peixes e as massas. Eu não faço nem ovo frito! - Vocês querem mais filhos? Lana - Nós só pensaremos nisso quando todos os meninos estiverem encaminhados. Sérgio - Eu já acho que tem que ser daqui a cinco anos, no máximo. Quero estar vivo para ver o meu filho nascer (risos)!
Atualizado quarta 19 maio, 2010 (145040)

Mais conteúdo sobre:

COMPRE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 A modelo usou suas redes para compartilhar registro ao lado do marido e exibir a barriguinha de grávida Ana Paula Siebert posa ao lado de marido e exibe barriga
  2. 2 Após reatar casamento, Henrique Fogaça se declara
  3. 3 Carol Dantas explode o fofurômetro com clique de Valentin
  4. 4 Antônia Fontenelle detona novo canal de Otaviano Costa
  5. 5 Fátima Bernardes surge de biquíni ao lado de Túlio Gadelha
  6. 6 Lily Allen leva filhas a première de Frozen 2 e encanta
  7. 7 Em semana de aniversário, Fernanda Gentil posta desabafo
  8. 8 Pabllo Vittar revela como a arte drag transformou sua vida
  9. 9 Klara Castanho relembra infância durante passeio no parque
  10. 10 Alok bloqueia agenda de shows para se dedicar à paternidade