revista Abre

Joana de Verona e a sua Portugal

Atriz mostra país onde cresceu

Revista CARAS Publicado quinta 9 janeiro, 2020

Atriz mostra país onde cresceu
A atriz mostra o belo Palácio de Buçaco, em Portugal, para onde se mudou com 1 ano - Cadu Pilotto


Enérgica, dinâmica e acelerada são características da personagem Adelaide, de Éramos Seis. Mas sua intérprete, a atriz luso-brasileira Joana de Verona (30) não é diferente. Morar em diferentes países também é um ponto em comum entre a realidade e a ficção. Filha de portugueses, Joana nasceu no Maranhão, mas com 1 ano foi morar em Portugal. Passou então a se dividir entre os dois países. “Morar em Lisboa é um privilégio muito grande porque é uma cidade segura, tranquila e que está proxima do mar e das montanhas. Tem uma luz linda. Morar no Rio também é um privilégio enorme pelo contato com a natureza. É uma cidade arrebatadora em sua beleza. São privilégios diferentes e é uma delícia poder juntar as duas como moradia”, disse ela, que, desde os 22 anos, também incluiu a França em seus destinos fixos, onde estudou direção de cinema. 

No momento, Joana está mais tempo no Brasil por conta da novela das 6. “Está sendo ótimo fazer esta novela porque é uma história que é um drama familiar, então acaba comunicando muito com as pessoas. É o quinto remake, o público adora, se liga com os personagens. E é de época, um desafio acrescido. Tem essa riqueza também”, explicou ela. Além do folhetim, Joana, que sonhava ser atriz aos 4 anos, também está na série Santos Dumont, do canal a cabo HBO, sobre a história do visionário criador que realizou o sonho de voar. “É um trabalho muito bem feito, de fato. Vai passar nos Estados Unidos, África, Europa e América Latina. São 70 países, uma produção internacional. E eu adoro fazer trabalhos de época. Tenho tido essa sorte porque acabo aprendendo sempre muito. Os personagens são embutidos em um contexto histórico e político e você acaba por ter que ler várias coisas em volta daquela época”, explicou ela, que vive Almerinda, um reflexo da classe proletária, casada com o melhor amigo do aviador Santos Dumont (1873–1932).

A atriz também pode ser vista em Ouro Verde, uma produção luso-brasileira gravada em 2017, mas que está sendo exibida atualmente pela Band. Na trama, Joana vive sua primeira protagonista em novelas e a trama já abocanhou o Emmy Internacional na categoria Melhor Telenovela. “Como protagonista você não tem como passar despercebido porque está todos os dias na TV. As pessoas falam como se te conhecessem. É normal, faz parte do trabalho e é sempre tão carinhoso, olhando no olho e dando abraço, te parabenizando”, disse ela, feliz com a repercussão.

No tempo livre, a atriz, que adora decoração e gosta de pintar, também se dedica à fotografia. “Minha mãe e minha tia pintam. Eu também, mas gosto mais de fotografar. Tenho algumas fotos minhas impressas em casa, além de azulejos pintados por minha mãe”, contou ela, que, no Rio, gosta de circular por Copacabana.

Último acesso: 10 Aug 2020 - 19:48:00 (339923).