revista Chef

Humor de Carlos Bertolazzi na Ilha

Casamento adiado pela pandemia não abala união com sua Ingrid

Revista CARAS Publicado sexta 15 maio, 2020

Casamento adiado pela pandemia não abala união com sua Ingrid
Apresentador do reality Fábrica de Casamentos, no SBT, visita a Ilha de CARAS sozinho e antes da pandemia - Cadu Pilotto

O casamento estava marcado para o dia 25 de abril. O chef e apresentador do Fábrica de Casamentos, no SBT, Carlos Bertolazzi (49) e a cirurgiã plástica Ingrid Luckmann (36) organizaram a cerimônia na Catedral Anglicana de São Paulo e uma megafesta que ia agitar a cidade com cerca de 400 convidados, shows e cardápios assinados por renomados colegas de profissão do noivo, como Leo Paixão, Lucas Corazza (37) e Beca Milano (32), sua companheira de TV, entre outros. Mas veio a pandemia e, com ela, a quarentena. Os planos do casal para iniciar a nova fase na vida, então, tiveram que ser adiados. “Quando começou o isolamento já imaginávamos que dificilmente voltaríamos à normalidade até a data do casamento e, no nosso caso, isso também gerava dúvida e insegurança nos convidados que viriam de fora. No final de março, já batemos o martelo e adiamos”, contou ele. Quando chegou o dia que seria a cerimônia, a tristeza abateu os noivos. “Foi bem triste! Ficávamos pensando ‘agora você estaria entrando’, ‘agora o Arancam estaria cantando’ etc. Foi um dia difícil”, desabafou ele, referindo-se ao tenor Thiago Arancam (38), um dos grandes nomes que vai cantar na celebração.

Enquanto aguardam a vida voltar à normalidade, Carlos e Ingrid preferem ainda não definir uma nova data para o “sim”. Pensam em novembro, mas ainda não está certo. Certeza, no momento, só o isolamento. Juntinhos, eles têm passado o momento cada vez mais unidos. “Não tivemos sintomas de Covid até o momento. Eu tenho ficado em casa praticamente o tempo todo. Saio para fazer supermercado. Ingrid voltou a atender no consultório, mas mantendo todos os cuidados necessários”, explicou Carlos.

Em casa, ele e Ingrid têm animado a internet. Ele já vinha ensaiando fazer vídeos de receitas nas redes sociais, quando ela disse que queria aproveitar a quarentena para adquirir novas habilidades e gostaria de aprender a cozinhar. “Eu topei ensinar, mas disse que iria filmar”, contou ele, rindo. O resultado são vídeos com receitas simples, porém extremamente saborosas e muito bom humor durante o preparo dos pratos. “No começo, as pessoas até reclamavam. Diziam que ela não sabia isso, que onde já se viu não saber cozinhar etc. Hoje em dia, além de ela ter um exército de fãs e defensores, ainda reclamam comigo quando ela não aparece em algum vídeo”, explicou.

A experiência a dois na cozinha, além de manter as redes sociais do casal ativas, ainda ajuda a uni-los ainda mais. Quem disse que eles têm tomado cuidado para evitar crises durante o atual convívio ininterrupto? “A gente tem tido crises mesmo!”, assumiu Bertolazzi, que trata com muita leveza o assunto.

Mas difícil mesmo só tem sido para o chef manter os exercícios físicos. “Fiz um pouco só de exercícios. Não curto academia. Sou mais de praticar algum esporte. Com o isolamento, fica difícil, mas quero voltar a jogar squash”, contou. Já a dieta, ele tem conseguido manter. No final do ano passado, Carlos fez uma lipoaspiração. “Por mais que a gente emagreça, sempre fica aquela gordurinha difícil de sair, na cintura, papada. A Ingrid já vinha faz tempo querendo me operar e aproveitei a época de fim de ano, antes de começar as gravações. Eu sempre ficava frustrado no Fábrica porque a figurinista trazia roupas incríveis. Só que as que eu mais gostava sempre ficavam um pouco mais apertadas aqui ou ali”, explicou ele, que foi operado pela própria noiva e retirou 6,1 litros de gordura do corpo. Hoje, em casa e cozinhando todos os dias, ele tem ficado bem atento para não recuperar o que perdeu. “Estou mantendo o peso. Se um dia como muito, no outro tento compensar deixando de fazer alguma refeição”, explicou ele.

Mas todo este processo, que envolve o convívio diário, a manutenção da forma, o período com o trabalho parado, entre outras coisas, só faz com que o chef e apresentador tenha ainda mais certeza de que tudo será diferente após a pandemia de coronavírus. “Acredito que muita coisa vai mudar. Se não aprendermos nada durante este período, sem dúvida não evoluímos”, disse ele. Sobre seu trabalho, ele ainda não sabe quando retoma as gravações do Fábrica de Casamentos, interrompido pouco antes do isolamento. Já seu restaurante, o Zena Caffè, no bairro dos Jardins, em São Paulo, já tinha uma operação de delivery consolidada. “Estamos só buscando ampliar a área de entrega e criar novos produtos para aumentar o faturamento e sobreviver a este período. Sem dúvida, o mundo não voltará a ser como era antes e, dentro deste cenário, tenho analisado diversas oportunidades no segmento de delivery e de ensino à distância. Além disso, no segundo semestre, voltaremos a gravar Receitas de Família, no SBT de Santa Catarina. Terá um formato novo”, revelou. “Acho difícil encarar uma situação desta com tranquilidade. Mas tenho buscado manter o otimismo e acreditar que não é porque as coisas serão diferentes no futuro que serão necessariamente ruins”, completou ele, que se considera um espírito jovem. Aos 49 anos, Carlos passa longe da famosa crise dos 50. “A idade não me assusta porque não me sinto com a idade que tenho. Meu espírito sempre foi jovem e agora estou usando todo arsenal da doutora Ingrid para manter a aparência jovem também”, brincou ele, aos risos.

Último acesso: 28 Oct 2020 - 18:53:04 (351901).

Leia também

TV CARAS