Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Teatro

Gustavo Rodrigues dirigirá a esposa no teatro neste ano: ''Amor à primeira vista''

O ator que já é pai da pequena Maya, de 2 anos, revela que pensa em aumentar a família

CARAS Publicado em 22/08/2018, às 14h45 - Atualizado em 23/08/2018, às 09h58

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Gustavo Rodrigues dirigirá a esposa no teatro este ano - Cadu Pilotto
Gustavo Rodrigues dirigirá a esposa no teatro este ano - Cadu Pilotto

Cinco reformas em 10 anos, o terceiro andar exclusivo para os ensaios de teatro e muito amor envolvido em cada metro quadrado. Esta é a casa de Gustavo Rodrigues (42), na zona norte do Rio de Janeiro. “Já passaram textos aqui de atrizes como Nathália Timberg e Regina Duarte...”, contou o ator, orgulhoso por ter ‘acolhido’ tanta gente bacana em meio à sua rotina familiar.

 Ele mora no endereço com a mulher, a atriz Monique Franco (33), e a filha, Maya (2 anos e 6 meses). “Estamos nos planejando para mais uma criança daqui uns dois anos. As duas pedem muito. Mas é preciso organização. Foi assim com a primeira também. Mas acho importante. Perdi minha mãe, Elizabeth Diaz Rodrigues, há sete anos, e ter um irmão foi um apoio”, ponderou Gustavo, referindo-se ao ator Gabriel Louchard (33). Foi nessa mesma época que Gustavo começou a ensaiar a peça Billdog, na qual interpretou 38 personagens e que lhe proporcionou uma guinada na vida pessoal e profissional. “Começaram a aparecer mais convites. Consegui aumentar a família”, recordou.

Em janeiro, Gustavo volta aos palcos com Billdog 2. Também em 2019, ele confirmou a turnê internacional do espetáculo Tom da Fazenda. “Mais uma vez, ensaio aqui. Já traduzi o texto, serão mais personagens...”, avisou ele, que também dirigirá a mulher no teatro este ano. Gustavo e Monique se conheceram nos bastidores da peça Bent, em 2007. “Foi amor à primeira vista. Ela foi me parabenizar após o espetáculo. Trocamos telefone e depois a convidei para assistir mais uma vez. Ficamos juntos desde então. O teatro me deu tudo o que eu tenho. Minha mulher, meus amigos...”.

Com uma carreira mais voltada para os palcos, os personagens populares ainda não apareceram na TV. Mas nada que seja um problema. “O que me enche os olhos é provocar reflexões”, avaliou o ator, no ar na novela Jesus, na Record TV. “Sou bastante satisfeito com a minha trajetória. Quero bons personagens. Quando faltou propostas de trabalho, me produzi". A interpretação ‘invadiu’ o destino de Gustavo há 19 anos. Mas foi algo tão apaixonante para ele que nunca mais conseguiu deixá-la de lado. “Era músico e tocava em uma banda que acabou por incompatibilidade de interesses. Uma prima tinha feito Casa de Artes das Laranjeiras, a CAL, e me falou para fazer um curso lá. Foi meio no susto”, divertiu-se, lembrando, o ex-guitarrista.

Sem sofrer nenhuma resistência do pai, Guilherme Rodrigues (72), que é editor de artes plásticas, Gustavo investiu no seu novo sonho. Hoje em dia, a guitarra só dá o ar da graça nos momentos de lazer ao lado da família. Algo tão especial que a filha já se arrisca nos instrumentos musicais de brinquedo para ‘imitar’ o papai. “Ela tem ritmo e canta o dia inteiro. Já falei para a minha mulher que Maya tem talento. Caso queira investir futuramente neste meio, terá todo o meu apoio e o da Monique. Mas não vamos antecipar nada”, ressaltou o ator, tendo feito parte de duas bandas de rock: The Mentes e Dr. Spot.