revista Abre

Divertida inocência de Giulia Benite

Após dar vida à Mônica, atriz entrega grandes aprendizados

Mariana Silva Publicado quinta 12 dezembro, 2019

Após dar vida à Mônica, atriz entrega grandes aprendizados
Com Sansão, o xodó da Mônica, Giulia abre seu apartamento, onde mora com os pais, em SP - Martin Gurfein


Não se deixe enganar pela pouca idade ou pelo jeito fofo e encantador de Giulia Benite (11). Tais características pouco se comparam à determinação e sabedoria que a atriz carrega. Desde que se entregou ao filme Turma da Mônica: Laços, sucesso de público lançado em junho, na pele da icônica personagem título, a menina conquistou seu espaço no meio artístico e garantiu que o processo foi mais do que enriquecedor. “Aprendi demais, amadureci. Sinto que melhorei minhas atitudes e me tornei mais tolerante. Eu não costumava aceitar as coisas de forma fácil, ficava brava por tudo. No trabalho, convivi com pessoas de todas as idades e cargos, tive que começar a ceder. Nem tudo era do meu jeito”, confessa a menina.

Na pele da garota espevitada criada por Mauricio de Sousa (84), Giulia não consegue evitar as comparações. “Sempre me identifiquei com a Mônica. Me acho parecida com ela, tanto fisicamente quanto na personalidade. Inclusive, quando era pequena, recebi o apelido de Limãozinho por ser uma pessoa meio azeda”, conta, aos risos.

Em casa, a atriz conta com o apoio dos pais, Adriana (47) e Clenci (44), além da irmã, a influencer Bela Benite (14). “Minha família sempre me apoiou. Se hoje sou atriz é porque gosto, não por obrigação”, diz. “Conversamos muito com ela e ensinamos que ela pode, sim, escolher o que fazer”, emenda a mãe, orgulhosa. “Não vejo Giulia com uma grande ambição. Ela trabalha e se diverte. Nós é que ainda estamos aprendendo a lidar com o meio artístico”, explica, aos risos.

Premiada recentemente como Revelação do Ano no Meus Prêmios Nick e mesmo com uma agenda profissional repleta de eventos e outros compromissos, Giulia não abre mão de viver e aproveitar sua infância. Quando não está trabalhando, ela gosta de estar com as amigas, brincar com slimes, é fã de séries e vez ou outra ainda se aventura na cozinha. “Sou uma criança como qualquer outra”, garante.

Após brilhar no longa infantil, a atriz já tem novos desafios: em breve, será vista no filme Dez Horas Para o Natal, previsto para dezembro, além de estrear na minissérie Segunda Chamada, que já está no ar na Globo. “É estranho ouvir que sou famosa. Era só mais uma criança e agora estou em dois filmes e na TV. Me tornei conhecida muito rápido, mas estou muito feliz”, reflete.

Último acesso: 09 Aug 2020 - 11:19:56 (337848).