Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Agora é Moda

DEWI SUKARNO E IVANA TRUMP

Cais de chegada

by Jairo de Sender Publicado em 24/12/2008, às 15h13

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Antes mesmo de desembarcar na Ilha, o convidado já será recebido com luxo e glamour. O cais de chegada, no continente, em Angra dos Reis, onde inicia-se a travessia a barco, ganhou status e decoração de Jairo de Sender (51). Inspirado por duas grandes damas, Dewi Sukarno (72), viúva de Achmed Sukarno (1901- 1970), fundador da República da Indonésia, e Ivana Trump (59), exmulher do magnata Donald Trump (62), que estiveram na Ilha em 1995 e 1996, respectivamente, o arquiteto criou um verdadeiro cenário de sonhos e riquezas no novo ambiente. "Imprimi a imagem das duas em almofadas de diferentes tamanhos e fiz um tecido fúcsia com desenhos de cristais swarovski, que ficou bem a cara das 'peruas'. Em outra lona, imprimi todas as coisas que elas adoram, como jóias, sapatos etc.", contou Jairo. O arquiteto reservou ainda um detalhe inesperado. Para o paisagismo, teve a colaboração de Pedro Nahoum (37), da Espaço Botânico, a quem encomendou um trabalho inspirado no fundo do mar. "Usamos apenas plantas exóticas, como se o oceano tivesse invadido o cais", explicou ele, referindo-se a plantas como poltrona de sogra (tipo de cacto amarelo proveniente do México) e cactus corais suculentos, além de bromélias. "Espalhei também alguns baús pelos cantos, o que, na minha cabeça, reservam as surpresas de madame Sukarno e Ivana, como suas histórias e suas inúmeras viagens, além de revistas de moda e livros de jóias. Tudo o que combina com elas", completou Jairo, que participa da Ilha desde sua primeira edição, sendo o parceiro mais antigo do time. O píer em si foi forrado com cerâmica Eliane, da linha Porcellanato Woodstone Carbon, e todo o espaço recebeu iluminação especial para quem chegar à noite. "Usamos spots em diferentes tons de amarelo para fazer um ambiente feérico e com clima bem festivo, como a personalidade de Ivana e madame Sukarno", explicou ele, que instalou ainda sofás e cadeiras giratórias sobre um piso elevado, formando um verdadeiro lounge para receber o visitante da Ilha.