Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Agora é Moda

CLAUDIA SCHIFFER

Deck ofurô

by Fernanda Pessoa de Queiroz Publicado em 24/12/2008, às 19h10

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
A alemã Claudia Schiffer (38) entrou para o Guiness Book como a modelo que mais fez capas de revista até hoje em todo o mundo. Uma delas foi a edição 167 de CARAS, publicada em janeiro de 1997, quando a megaestrela conseguiu descansar na Ilha entre suas inúmeras viagens. Sofisticada e ao mesmo tempo dona de uma surpreendente simplicidade, Claudia, até hoje musa de Karl Lagerfeld (75), estilista da tradicional grife Chanel, desfilou por Angra dos Reis usando sempre cabelos soltos, roupas brancas de cortes simples e apenas uma pulseira de palha como acessório. Foi esta aparente dualidade que Fernanda Pessoa de Queiroz (41) buscou imprimir em seu espaço, o deck do ofurô. "Eu pesquisei bastante a história profissional e de vida de Claudia Schiffer. Descobri até que ela queria ser advogada antes de se render ao universo fashion. Preferi ir mais para a vida dela atualmente, sempre recheada de glamour e elegância", disse a arquiteta. No ambiente, a natureza é a grande estrela. Enormes bromélias, minipalmeiras, sagus em cachepôs de rattan e muitas orquídeas tomam conta do espaço, que contou com o paisagismo de Adriana Fonseca. Principal objeto do ambiente, o ofurô escolhido para este ano é em madeira e possui escada lateral e iluminação interna. Tradicionalmente utilizado no Japão para banhos de imersão, ele fica à beira-mar para que o convidado relaxe no fim de tarde enquanto vê o sol se pôr na baía de Angra. Chaises em madeira com palha, sofás com almofadas recobertos por dossel de voile branco e um ícone do mobiliário, o pufe oval, criam uma atmosfera aconchegante e propiciam ainda diversos outros pontos de descanso para os convidados da revista. "Aqui é um lugar para as pessoas se acomodarem como quiserem. Elas tanto podem pegar sol como apenas relaxar à sombra. Tem espaço para todos. Também brinquei bastante com a iluminação, colocando canhões de luz com filtros coloridos pelos cantos, sempre apontados para o centro do deck, como se fosse a iluminação de uma passarela por onde Claudia desfilaria", completou Fernanda.