Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Revista / Agora é Moda

BEN GAZARRA

Toilette

by Roberta Devisate Publicado em 24/12/2008, às 15h19

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Com mais de 100 filmes no currículo, o nova- iorquino Ben Gazarra (78) impressionou a arquiteta Roberta Devisate (36) por qualidades que extrapolam o aspecto profissional. Para compor o toilette, em vez de buscar inspiração em um dos trabalhos do astro, que esteve na Ilha em 1996, ela optou por usar a própria figura masculina de Gazarra, tanto no banheiro masculino como no feminino, que ganharam projetos semelhantes. "Não fiz um espaço cheio de frufrus. O ator é muito elegante. Busquei, então, esse ar másculo e chique, mas sempre com um jeito mais descontraído. Não podemos esquecer que estamos em um dos lugares mais bonitos do Rio. O desafio foi buscar materiais que unissem elegância e despojamento", disse Roberta. Um exemplo foi a cerâmica Eliane da linha Porcellanato Limestone White LP, que já causa impacto logo que o convidado chega ao ambiente. Imitando uma soleira de porta, as placas são feitas uma a uma, para que tenham veios diversos, assim como a madeira. Elas formam um caminho que não se limita ao chão e termina subindo por uma das paredes. "Ficou com uma cara rústica. Gostei muito do resultado", contou ela. Em seguida, a arquiteta forrou toda a parede lateral com um enorme plotter. Diversas imagens de Gazarra, em diferentes momentos de sua vida, estão impressas. Para a bancada da pia, Roberta lançou mão do material do momento, o corian. Extremamente versátil, ele é o atual xodó dos profissionais do ramo porque permite qualquer desenho e pode ser usado em móveis em qualquer ambiente, da sala ao banheiro. "Somente com o corian conseguiria fazer uma bancada sem junções. Optei também por ralos embutidos, o que dá um visual mais contemporâneo. A água escorre e entra pelas laterais da cuba", explicou ela. Com o projeto pronto, Roberta não escondeu o orgulho por seu próprio trabalho. "Acho que ficou um espaço bem equilibrado. Quente e frio, textura e liso, charme praiano com elegância", disse ela, que complementou com flores e velas, além do banco que imita madeira.