Arte plural de Helga Nemetik

Ela ensina sua receita de sucesso

Tamara Gaspar Publicado quarta 27 novembro, 2019

Ela ensina sua receita de sucesso
Em refúgio paulistano, Helga comemora boa fase profissional e a sua participação no Popstar, da Globo - Rogerio Pallatta

No repertório artístico da carioca Helga Nemetik (38) não há espaço para a palavra “limite”. Incansável e apaixonada pela arte em todas as suas formas de expressão, ela divide-se entre a carreira de atriz, cantora e, de quebra, ainda se arrisca no universo da gastronomia. “Desde criança, sabia que iria ser artista. Fazia peças de Natal em casa, teatrinho na escola, cantava no coral... A arte sempre esteve dentro de mim”, afirma ela, dona de currículo que inclui trabalhos na TV — entre eles, nove anos de dedicação ao elenco do humorístico Zorra Total — e no teatro, com destaque para os musicais. “Terminei o colégio e fiz um curso de teatro. Meu primeiro emprego na área foi em uma companhia infantil que se apresentava na praça de alimentação de um shopping por 35 reais! Já estava na Globo e continuava no shopping, não conseguia me desvencilhar!”, diz ela, aos risos, em seu refúgio paulistano.

Simpática, eloquente e com sorriso fácil, Helga tem sede de arte. Atualmente, a atriz brilha no palco do reality Popstar, da Globo. “O programa tem me dado a oportunidade de me descobrir como cantora sem estar por trás de um personagem. Estou descobrindo meu estilo musical e recebendo muito carinho das pessoas. Meu grande interesse sempre foi divertir e entreter o público e o retorno é gratificante”, fala ela, que ainda encontra tempo de se dedicar à peça Brilha La Luna – Um Novo Musical, em cartaz no Rio, e às alquimias na cozinha em seu canal virtual, o Cozinhando Com Helga, no qual exerce sua outra grande paixão, a culinária.

O foco na carreira é tanto que Helga admite: “Já adiei meu casamento duas vezes por conta de trabalho!”, sobre o noivado com o músico e fotógrafo Vinicius Pereira (34). “Estamos juntos há seis anos. Já éramos amigos e ele era afim de mim, mas como ele era mais novo e eu não queria nada... A vida nos levou para lugares diferentes e, tempos depois, nos reencontramos. Beijei e me apaixonei!”, conta ela.

– Você vem do teatro. Como começou a relação com a TV?

– Fui convidada para fazer os quadros musicais do Zorra Total e nunca pensei em ser comediante, mas como atriz, estudei drama, comédia, tragédia... tinha de fazer. Na época, eu era rebelde e achava que a TV iria me corromper. Eu avisei que não queria ficar só mostrando o corpo e cantando, pedi
para fazer outras coisas e deu certo. Foram nove anos no programa.

– Foi fiel às suas convicções...

– Era uma ótima oportunidade, mas não podia me vender, não era a minha verdade. Nunca deixei de fazer teatro e sempre conciliei as duas coisas. Aprendi muito lá.

– O fato de cantar e atuar acaba sendo um diferencial?

– Sim, mas também precisa ter a oportunidade, pois há muitos talentos que não conseguem mostrar seu trabalho. É uma profissão que não depende só de talento, mas também de sorte. É preciso estar na hora certa, no lugar certo.

– E a culinária, como surgiu?

– Em 2017, participei do Super Chef Celebridades, da Ana Maria Braga. Não tinha noção de nada, mas gosto de comer e fui aprendendo e descobrindo o gosto pela cozinha. Daí nasceu o canal.

– Foi meio sem pretensão...

– A vida é assim, não dá para planejar tudo e estamos sempre aprendendo. Sou uma pessoa ansiosa e as experiências têm me ajudado a me policiar e ver que não vale a pena sofrer por antecipação. Penso para frente e penso para trás e, às vezes, tenho dificuldade para viver o hoje. Já me atrapalhei
muito com a ansiedade.

– Em que sentido?

– No ano passado, por exemplo, participei do Show dos Famosos, do Faustão. Senti a pressão e a ansiedade e engordei. Quando acabou, emagreci 15kg, mas minha família é obesa e é difícil lutar contra isso. Já levantei bandeiras contra estereótipos, mas, infelizmente, não é a realidade, é preciso estar com o corpo em dia, a profissão exige.

– É encanada com a questão?

– Sou tranquila, mas ao mesmo tempo em que dizem que o determinante é o talento, já perdi trabalhos por estar mais gordinha. Procuro me cuidar e prestar atenção porque minha ansiedade vai toda para a comida.

– Quer seguir na música?

– Pretendo fazer um show e quem sabe gravar um EP com composições minhas! O programa também está me inspirando a compor.

– E o casamento?

– Sonho em casar e ter filhos e o momento vai chegar, mas o trabalho ainda está em primeiro lugar. Não me sinto com 38 anos, minha cabeça ainda é muito moleca e meninona. Este negócio da idade não pesa para mim.

Último acesso: 08 Dec 2021 - 12:41:14 (336356).

Leia também

TV CARAS