revista Capa

A nova rotina de Felipe Simas

Dedicação à família após vírus

Bianca Portugal Publicado sexta 8 maio, 2020

Dedicação à família após vírus
No ar na reprise da trama Totalmente Demais, Felipe aproveita os dias em casa para brincar e estudar com os filhos enquanto aguarda o retorno da novela Salvese Quem Puder - Acervo Pessoal

Com três filhos, Joaquim (5), Maria (3) e o bebê Vicente (2 meses e meio), de sua união com Mariana Uhlmann (29), o ator Felipe Simas (27) foi surpreendido com o diagnóstico positivo para Covid-19. Imediatamente, tomou as medidas necessárias: as crianças maiores foram para a casa da avó paterna, Ana Sang, enquanto Felipe se isolou em seu quarto. Mariana testou negativo e continuou em casa com o caçula e ficou responsável pela alimentação do marido. “A família estava toda cumprindo a quarentena. Eu era o único a sair para comprar o que faltava. Difícil saber onde se pega a doença por ter tantas pessoas assintomáticas. Creio que esta seja uma das maiores dificuldades da contenção deste vírus”, explicou Felipe.

Passada a quarentena e já com todos os filhos ‘debaixo de suas asas’, do jeito que ele gosta, o ator, que está na novela das 7 Salve-se Quem Puder, suspensa com a pandemia, continua no ar como protagonista de Totalmente Demais. Ele mantém o isolamento e tenta agora se adaptar à nova rotina, ocupando o dia a dia das crianças em casa com muita criatividade. “Nossa família não é perfeita, mas buscamos viver de uma forma que cada um respeite a personalidade do outro”, ensinou.

– Quais sintomas da Covid você teve?

– O meu caso não foi dos mais graves. Comecei com uma forte dor de cabeça e febre alta, perda de olfato e paladar. Não tive tosse nem espirro, o que facilitou a não transmissão para o restante da família. Também não tive dificuldade respiratória, que é o pior dos sintomas, a meu ver.

– Chegou a ir ao hospital?

– Não senti necessidade de ir ao hospital, fiquei isolado no quarto, reforçando principalmente a alimentação líquida. Não fiz tratamento com remédios, busquei focar na alimentação. Permaneci em isolamento, retomando as forças, descansando o corpo e fortalecendo o espírito.

– Com um recém-nascido em casa, quais cuidados vocês tomaram?

– Os cuidados que todos devem tomar, não importando a idade. E na volta das crianças para nossa casa, por mais que quisessem ficar comigo, conversamos e eles entenderam a importância do afastamento e que, depois, retomaríamos nossa rotina de brincadeiras e estudos.

– Teve medo do que passou?

– Em momento algum. Tive fé que conseguiria passar pelo vírus, sem muitas complicações.

– Você é religioso?

– Me considero um cara de fé, o que me faz amar a obra perfeita que é a máquina humana. Nosso corpo é o templo de Deus. E nada mais significativo para este pensamento do que o isolamento.

– Como é seu dia a dia agora?

– Tem sido de muita improvisação e brincadeiras. Joaquim gosta de assistir ao mesmo filme algumas vezes, decorar as falas e repassar para seus animais de brinquedo os desafios do filme. Maria gosta de abrir os livros e cantarola canções do coração.

– E Vicente?

– O momento me possibilitou acompanhar a primeira fase do Vicente. Ele é calmo, gosta de ficar no meio da bagunça das crianças, come bem e gosta da hora do banho.

– Existem casais em crise por conta da quarentena. Como você e Mariana estão lidando?

– Temos conversado bastante sobre este momento. A gente sabe da importância de cultivar o romantismo, do cuidado, do toque e do beijo. A convivência ininterrupta pode ser difícil, não só para um casal, mas para qualquer relacionamento. Vide o BBB. Mas quando entendemos que dentro de casa é onde nos sentimos protegidos e amados, conseguimos aprofundar as relações e entender o espaço de cada um.

Último acesso: 01 Jun 2020 - 00:22:25 (351462).