Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Rainha Elizabeth II proíbe Kate e William de colocarem o nome Diana na filha

Rainha Elizabeth II é contra a vontade de Kate Middleton e Príncipe William de, caso tenham uma filha, chamá-la de Diana, em homenagem à mãe do rapaz; Príncipe Charles apoia o herdeiro, mas repeita a opinião da mãe

Redação Publicado em 08/02/2013, às 20h06 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Rainha Elizabeth II e príncipe William com Kate Middleton - Getty Images
Rainha Elizabeth II e príncipe William com Kate Middleton - Getty Images

Além dos problemas de saúde que Kate Middleton (31) vem enfrentando durante a gestação, ela e o príncipe William (30) estão enfrentando uma verdadeira ‘barra real’. O casal, que, caso tenha uma menina, queria nomeá-laDiana, travaram uma batalha contra a Rainha Elizabeth II (86), que não quer que sua bisneta tenha o mesmo nome que sua ex-nora, a princesa Diana (1961-1997).

“A rainha tem o direito absoluto de aprovar todos os possíveis nomes de herdeiros reais”, disse uma fonte segundo o tabloide National Enquirer. “Mas a sua decisão desencadeou uma briga de famíliar. Toda a família real está vivendo um tumulto total. William pediu apoio para o príncipe Charles, mas seu pai disse que ele não irá entrar nesta batalha”.

Ainda segundo o informante, o herdeiro do trono inglês tomou esta decisão por não querer se indispor com sua mãe. “Charles entende que seu filho quer honrar o legado de sua mãe, mas lhe disse que a Rainha não vai ceder a sua decisão”, finalizou a fonte.

O primeiro herdeiro de William e Kate está previsto para vir ao mundo em julho. Eles anunciaram a gravidez no início de dezembro e, uma semana depois, o Daily Mail publicou uma nota dizendo que é muito provável que eles tenham uma menina.