Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Realeza / EITA!

Príncipe Andrew pode perder o título de Duque de York caso ele seja culpado por abuso sexual

Virginia Giuffre alega que o abuso ocorreu quando ela tinha 17 anos e que também foi vítima de tráfico sexual

CARAS Digital Publicado em 03/01/2022, às 22h14 - Atualizado às 22h15

O terceiro filho da Rainha Elizabeth II também pode ter que abrir mão de seus vínculos com organizações de caridade, caso seja culpado - Getty Images
O terceiro filho da Rainha Elizabeth II também pode ter que abrir mão de seus vínculos com organizações de caridade, caso seja culpado - Getty Images

Nesta segunda-feira, 3, de acordo com um jornal britânico, os advogados do Príncipe Andrew (61) foram aos tribunais americanos para tentar livrá-lo da acusação de abuso sexual.

O Duque de York está sendo julgado por abusar sexualmente da advogada Virgina Giuffre (38), quando ela tinha 17 anos. Ela também afirma ter sido vítima de tráfico. 

Segundo o mesmo jornal, caso seja declarado culpado, Andrew pode perder o título de Duque. O Príncipe também corre o risco de renunciar seu vínculo com instituições de caridade.

O Palácio de Buckingham respondeu por meio de um porta-voz dizendo que não comentavam sobre um assunto jurídico em andamento.

Entenda o caso de Virginia Giuffre

Virginia Giuffre acusa o Príncipe Andrew de ter abusado sexualmente, quando advogada tinha apenas 17 anos. Mas essa não é a única alegação da suposta vítima.

Ela também afirma que foi vítima de tráfico sexual pelo bilionário Jeffrey Epstein (falecido em 2019) e por sua namorada Ghislaine Maxwell (60).

No dia 29 de dezembro, a Justiça dos Estados Unidos condenou a socialite que namorava Epstein a prisão perpétua pelo crime de tráfico sexual de menores.