realeza Eita!

Meghan Markle choca ao dizer que realeza se preocupou com tom de pele do seu filho com Harry

Ex-príncipe Harry e Meghan Markle falam sobre racismo na família real britânica

CARAS Digital Publicado segunda 8 março, 2021

Ex-príncipe Harry e Meghan Markle falam sobre racismo na família real britânica
Meghan Markle choca ao dizer que realeza se preocupou com tom de pele do seu filho com Harry - Reprodução/Harpo Productions/Joe Pugliese

Na entrevista exibida na noite de domingo, 7, pela rede CBS, Meghan Markle surpreendeu ao revelar que a realeza se preocupava com a cor de pele do seu filho com o ex-príncipe Harry.

"Naqueles meses em que estava grávida tivemos uma série de conversas sobre 'ele não teria segurança, ele não teria título' e também preocupações e conversas sobre o quão escura sua pele ficaria quando ele nascesse", disse ela, que é afro-americana.

“Nunca vou dividir essa conversa. Eu estava fiquei chocado na época. Não estou confortável em falar disso. Mas foi logo no começo, como a criança iria se parecer. Foi quando soube que a criança não teria segurança. Mas tiveram vários sinais antes de casarmos. Eu estou triste pelo que aconteceu, mas sei que fizemos tudo o que a gente podia. E eu sei que fizemos tudo com o maior respeito. Isso nunca foi minha decisão. Não estou reclamando, temos uma linda família, uma linda casa e os cães. Estamos felizes. Eu só queria ter dinheiro para pagar pela minha segurança”, completou Harry.

Após a declaração, a apresentador Oprah afirmou que Harry a procurou para avisar que não foi a rainha Elizabeth II e o príncipe Philip que fizeram comentários racistas sobre o tom de pele do herdeiro.

FAMÍLIA REAL

Na entrevista, Meghan também afirmou que se sentia infeliz na realeza e chegou a ter pensamentos suicidas. "Eu simplesmente não queria mais estar viva. E esse era um pensamento constante, muito claro, real e assustador".

Apesar de não querer sobrecarregar o marido com o que estava sentindo na época, ela confessou que uma conversa com Harry fez com que ela afastasse os pensamentos de suicídio. "[...] Eu estava realmente envergonhada de dizer isso na época, e com vergonha de ter que admitir para Harry, principalmente, porque eu sei quantas perdas ele sofreu", chorou Meghan.

Harry ainda completou dizendo que o pai, Charles, não atendia mais seus telefonemas quando ele estava planejando abandonar os deveres reais.​ "Eu tive três conversas com a minha avó, e duas conversas com meu pai antes de ele parar de me atender. Então ele disse: 'Você pode colocar isso tudo no papel?'".

"Eu precisava fazer isso pela minha família. Não é uma surpresa para ninguém. É muito triste que tenhamos chegado a esse ponto, mas eu preciso fazer algo pela minha saúde mental, a da minha mulher e de Archie também".

No bate-papo, ele afirmou que a família real parou de dar dinheiro para ele após sua mudança para os Estados Unidos. "Minha família me cortou financeiramente", disse Harry. "Eu tenho o que minha mãe me deixou, e sem aquilo (a herança), não poderíamos fazer isso (ir para os EUA)", completou.

RELAÇÃO COM KATE MIDLLETON

Questionada por Oprah se era verdade que ela e Kate Middleton, mulher de William, não se dão bem, Meghan relembrou: "Kate estava chateada com alguma coisa, mas me mandou flores e nos resolvemos. Foi um problema com as daminhas no casamento. Ela me fez chorar, me magoou. Não acho justo entrar nos detalhes porque ela me pediu desculpas e eu aceitei. Mas foi difícil ser culpada por algo que não fiz, as pessoas do castelo sabiam a verdade. Acho importante as pessoas saberem a verdade. Ela é uma pessoa boa. Existe essa ideia de que se você gosta de mim, tem de odiá-la. E se você gosta dela, tem de me odiar. Como se fosse uma narrativa de vilão e mocinha".

Vale lembrar que em fevereiro os dois anunciaram que serão papais novamente. Eles já são pais de Archie, de dois anos.

Último acesso: 17 Apr 2021 - 12:42:18 (380619).

Leia também

TV CARAS