Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / Dia Triste!

Família Real envia mensagens de condolências para vítimas de massacre na Nova Zelândia

Duque e Duquesa de Sussex e Cambridge revelaram o quanto ficaram abalados com a notícia

CARAS Digital Publicado em 15/03/2019, às 14h40 - Atualizado às 14h42

Integrantes da realeza britânica fizeram questão de citar a intolerância religiosa - Reprodução/Instagram
Integrantes da realeza britânica fizeram questão de citar a intolerância religiosa - Reprodução/Instagram

Nesta sexta-feira, 15, uma notícia extremamente triste foi divulgada pelos veículos internacionais. Um ataque à mesquitas na Nova Zelândia acabou resultando em um trágico número de 49 mortos. Diversas pessoas ficaram extremamente abaladas com o ocorrido e fizeram questão de prestar as condolências para as vítimas da invasão, inclusive a Família Real Britânica.

Em comunicados oficiais, Príncipe Charles e Rainha Elizabeth fizeram questão de deixar uma mensagem de consolo para todos que de alguma forma acabaram atingidos, direta, ou indiretamente, pelo massacre que aconteceu contra os muçulmanos, em Christchurch. Enquanto Elizabeth fez questão de prestar homenagem para os serviços de emergência e voluntários, Charles citou o ataque contra a liberdade religiosa.

“Fiquei profundamente triste com os terríveis acontecimentos em Christchurch hoje. O Príncipe Philip e eu enviamos nossas condolências às famílias e amigos daqueles que perderam suas vidas. Também presto homenagem aos serviços de emergência e voluntários que prestam apoio aos feridos. Neste momento trágico, meus pensamentos e orações estão com todos os neozelandeses”, dizia o comunicado oficial da Rainha.

"Essa atrocidade terrível é um ataque a todos nós que prezamos a liberdade religiosa, a tolerância, a compaixão e a comunidade. Sei que o povo da Nova Zelândia nunca permitirá que o ódio e a divisão triunfem sobre essas coisas que lhes são caras.Nossos pensamentos e orações estão com as famílias das vítimas, os primeiros socorristas, o povo de Christchurch e todos os neozelandeses neste momento tão doloroso dos tempos”, pontuou o Príncipe de Gales.

Além deles, William, Harry, Meghan Markle e Kate Middleton também divulgaram uma nota de pesar pelo acontecimento. Abalados com o ocorrido, eles enalteceram a importância dos mulçumanos para a sociedade da Nova Zelândia e deixaram mensagens confortadoras para as famílias das vítimas.

“Nenhuma pessoa deve ter medo de frequentar um local sagrado de culto. Esse ataque sem sentido é uma afronta às pessoas de Christchurch e Nova Zelândia, e à comunidade muçulmana mais ampla. É um assalto horripilante a um modo de vida que incorpora decência, comunidade e amizade. Sabemos que, desta devastação e luto profundo, o povo da Nova Zelândia se unirá para mostrar que tal mal nunca pode derrotar a compaixão e a tolerância. Enviamos nossos pensamentos e orações para todos na Nova Zelândia hoje”, dizia a nota.

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Arden, afirmou que esta sexta "é um dos dias mais sombrios" da história do país.