Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / Escândalos da família real

Completando 70 anos de reinado de Elizabeth II, relembre polêmicas da família real britânica

Jubileu de 70 anos da Rainha Elizabeth II contará com festividades, concursos e feriado de em comemoração ao marco na família real

CARAS Digital Publicado em 06/02/2022, às 15h17 - Atualizado às 15h18

Relembre momentos marcantes e polêmicos da família real britânica - Getty Images
Relembre momentos marcantes e polêmicos da família real britânica - Getty Images

O jubileu de 70 anos da Rainha Elizabeth II (95) no trono britânico, completado neste domingo, dia 6 de fevereiro, é um marco histórico para o mundo dos nobres.

A monarca assumiu o reinado quando tinha apenas 25 anos, após a morte de seu pai, George VI (1895 - 1952) e será a primeira a comemorar 70 anos de reinado, com diversos eventos.

Durante todos esses anos, a realeza já passou por muitos momentos polêmicos, tendo a reputação abalada algumas vezes devido aos escândalos. A CARAS DIGITAL listou algumas dessas situações mais recentes envolvendo os membros da família real britânica.

Vazam fotos do Príncipe Harry

Em 2012, durante viagem a Las Vegas, nos Estados Unidos, o príncipe Harry foi flagrado pelado em uma festa com amigos em seu quarto de hotel de luxo. Alguns funcionários disseram que haviam strippers no quarto e as imagens foram parar em jornais e revistas na época.

Acesso a jornalista

Sarah Ferguson foi casada com Príncipe Andrew por 10 anos, mas se divorciaram em 1996. Após chegar à falência em 2009, depois de ter se tornado empresária, em troca de dinheiro, ela ofereceu a um jornalista total acesso a Andrew por 500 mil libras, e o escândalo estampou os jornais do mundo todo.

Topless de Kate Middleton

Em setembro de 2012, Kate Middeton foi flagrada fazendo topless durante feriado em uam casa na França. As fotos foram publicadas em revistas da França e Itália.

Acusação de abuso sexual

O Príncipe Andrew, terceiro filho da rainha, esteve envolvido em acusações sexuais. O duque de York foi visto com o amigo Jeffrey Epstein, um criminoso sexual norte-americano, em Nova York. Andrew contou que desfez a amizade com Epstein após saber das acusações de exploração de mulheres e pedofilia. Tempos depois, a advogada Virginia Roberts Giuffre abriu um processo afirmando que sofreu abuso de Epstein e foi obrigada a ter relações com amigos dele, entre eles, Andrew, quando tinha 17 anos. Em 2019, o Príncipe se afastou das funções da família real.

Acidente do príncipe Philip

O Príncipe Philip, que se afastou de eventos oficiais em 2017, acabou se envolvendo em acidente de trânsito, batendo seu automóvel em outro, no dia 17 de janeiro de 2020. Responsável pela colisão, ele entregou sua carteira de motorista. O marido da rainha Elizabeth, faleceu aos 99 anos de idade, no dia 09 de abril de 2021, no Castelo de Windsor, em decorrência da idade avançada.

Rainha Elizabeth II e Príncipe Philip

Foto: Getty Images

Harry e Meghan deixam a realeza

Em janeiro de 2020, Meghan Markle (40) e príncipe Harry (37) anunciaram que deixariam de ser membros seniores da realeza britânica. O casal declarou que se afastaria e trabalhariam para se tornarem independentes financeiramente. No dia 19 de fevereiro de 2021, foi oficializada a saída do casal.

Denúncia de racismo

O ano de 2021 foi marcado por polêmicas na família real. Meghan é alvo de críticas da imprensa desde o casamento com o príncipe Harry (37). A entrevista do casal para a apresentadora Oprah Winfrey, em março do ano passado, foi um dos assuntos mais comentados do ano, considerado o maior escândalo desde 1996, quando o príncipe Charles, pai de Harry, se separou de Diana, que faleceu em agosto de 1997. Dois anos antes de sua morte, Lady Di, como era conhecida a Princesa de Gales, havia denunciado na televisão a infidelidade de seu marido.

Lady Di e Príncipe Charles antes da separação

Foto: Getty Images

Meghan e Harry revelaram conflitos com a família real e contaram que não tiveram nenhum suporte da instituição em relação aos ataques com conotação racista contra Meghan. Os duques de Sussex surpreenderam ao contar que tiveram conversas entre os membros reais sobre quão escura seria a pele do filho do casal, Archie.

Durante a entrevista, Meghan também afirmou que teve a saúde mental prejudicada pelo relacionamento com a realeza. Na época, Harry disse que seu pai, Charles, o Príncipe de Gales, parou de atender suas ligações e falou que tem uma boa relação com a avó, a Rainha Elizabeth II.

A realeza se manifestou e disse não compactuar com qualquer prática racista ou discriminatória.

Príncipe Harry, Meghan Markle e os herdeiros, Archie e Lilibet Diana

Veja um histórico do reinado de Elizabeth II na TV CARAS: