Revista CARAS
Busca
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / Saúde

Avô de Rei Charles III também enfrentou batalha contra câncer

George VI, avô de Rei Charles III e pai da Rainha Elizabeth II, também enfrentou batalha contra câncer assim como seu neto; saiba mais!

Rei Charles III - Getty Images
Rei Charles III - Getty Images

O Rei Charles III informou nesta segunda-feira, 5, que foi diagnosticado com câncer. Um tumor foi detectado após uma cirurgia que o monarca fez contra o aumento da próstata há poucos dias. No entanto, ele não foi o único rei britânico que batalhou contra a doença.

George VI, pai da RainhaElizabeth II, morreu de câncer no pulmão em 1952. O Chefe de Estado do Reino Unido durante a Segunda Guerra Mundial teve uma deterioração em sua saúde em 1948, quando foi detectado um tumor em seu pulmão. Após sua morte devido à doença, o cargo foi deixado para Elizabeth, que reinou por 70 anos até seu falecimento em 2022.

Vale citar que nesta terça-feira, 6, é o aniversário de morte de George VI. A data sempre era marcada pela Rainha Elizabeth II, que passava o dia do aniversário de morte do pai em Sandringham, residência da Família Real em Norfolk onde o rei morreu durante o sono.

A última aparição de rei Charles III antes do diagnóstico de câncer foi do lado de fora da Igreja St. Mary Magdalene, próxima a Sandrigham. Acompanhado de sua esposa, a rainha Camilla, ele acenou para pessoas que lhe desejaram melhoras após sua passagem pelo hospital.

O diagnóstico de Charles III

O anúncio de que Rei Charles III foi diagnosticado com um câncer foi feito pelo Palácio de Buckingham, que em comunicado oficial, informou que o monarca descobriu um tumor durante a cirurgia que fez na próstata. Sem informar o local atingido pelo câncer, eles também comunicaram que ele ficará longe dos eventos da realeza durante o tratamento. 

"Durante o recente procedimento hospitalar do Rei para aumento benigno da próstata, foi observada uma questão separada de preocupação. Testes de diagnóstico subsequentes identificaram uma forma de câncer. Sua Majestade iniciou hoje um cronograma de tratamentos regulares, durante o qual foi aconselhado pelos médicos a adiar as tarefas de atendimento ao público. Ao longo deste período, Sua Majestade continuará a tratar dos negócios do Estado e da documentação oficial como habitualmente", informaram. 

Então, o palácio ainda falou sobre um agradecimento do rei. "O Rei agradece à sua equipa médica pela rápida intervenção, que foi possível graças ao seu recente procedimento hospitalar. Ele permanece totalmente positivo em relação ao seu tratamento e espera retornar ao serviço público o mais rápido possível. Sua Majestade optou por partilhar o seu diagnóstico para evitar especulações e na esperança de que possa ajudar a compreensão pública de todas as pessoas afetadas pelo câncer em todo o mundo", finalizaram. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!