Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / EITA!

Após encerrar processo que o acusava de abuso sexual, Príncipe Andrew perde mais um de seus títulos

Durante o processo de abuso, a Rainha retirou os títulos militares e patrocínios reais do Príncipe Andrew

CARAS Digital Publicado em 27/04/2022, às 19h37

O Príncipe Andrew já foi acusado de abuso sexual e fraude, e ainda corre o risco de perder o título de Duque de York - Foto: Getty Images
O Príncipe Andrew já foi acusado de abuso sexual e fraude, e ainda corre o risco de perder o título de Duque de York - Foto: Getty Images

Nesta quarta-feira, 27, o Príncipe Andrew (61) perdeu mais um título. O Duque de York perdeu uma honraria na cidade de qual é Duque. 

A honraria de Liberdade da Cidade foi concedida a Andrew em 1987, quando o Príncipe ainda era casado com Sarah Ferguson (62). 

De acordo com Darryl Smalley, o Membro Executivo de Cultura da cidade de York, a perda da honraria veio em decorrência da retirada dos títulos militares de Andrew por parte da Rainha e devido a acusações de abuso sexual que o Duque enfrentava na justiça. 

Mesmo com o caso encerrado por meio de um acordo, os títulos do Príncipe não foram devolvidos, e ainda existem pedidos para que o filho da Rainha Elizabeth II (96), perca o título de Duque de York. 

"Tendo sido destituído de seus papéis militares e patrocínios reais pela Rainha, acreditamos que o correto é remover todos os vínculos que o Príncipe Andrew ainda tem com a nossa grande cidade", revelou o Membro Executivo de Cultura da cidade de York em entrevista para a revista americana People. 

As polêmicas do Príncipe Andrew 

Em Janeiro, o Príncipe foi acusado pela advogada Virginia Giuffree (38) de tê-la abusado sexualmente quando ela tinha 17 anos

Durante o andamento do processo, o Duque perdeu seus títulos militares e outros patrocínios da Família Real

O processo contra Andrew foi encerrado em fevereiro deste ano após um acordo entre os advogados do Príncipe e de Virginia. Porém, as polêmicas do Príncipe não param por aí. 

Neste mês, o Príncipe foi acusado de fraude junto a suas filhas Eugenie (32) e Beatrice (33), além de sua ex-esposa Sarah Ferguson