Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Realeza / MAIS UM ESCÂNDALO!

Após acusação de abuso sexual, Príncipe Andrew é acusado de cometer fraude

As filhas do Príncipe, Eugenie e Beatrice, também foram acusadas de cometerem fraude

CARAS Digital Publicado em 04/04/2022, às 16h04

O Príncipe Andrew havia sido acusado de abuso sexual, mas encerrou o processo em fevereiro após uma negociação - Foto: Getty Images
O Príncipe Andrew havia sido acusado de abuso sexual, mas encerrou o processo em fevereiro após uma negociação - Foto: Getty Images

Nesta segunda-feira, 4, as Princesas Eugenie (32) e Beatrice (33) foram acusadas de estarem envolvidas em um caso de fraude em que o pai delas, o Príncipe Andrew (61), teria feito parte. 

No caso em andamento na Suprema Corte britânica, o Príncipe recebeu pagamentos de 1 milhão de libras, equivalente a 6 milhões de reais, de um consultor financeiro que estava com o dinheiro da milionária turca Nebahat Evyap Isbilen

Além dos pagamentos para o Duque de York, o consultor financeiro também teria pagado 225 mil libras para a ex-esposa do Príncipe, Sarah Ferguson (62) e a Princesa Beatrice teria recebido 25 mil libras, o que equivale a pouco mais de 150 mil reais. 

A outra filha do filho da Rainha Elizabeth II (95), também estaria envolvida no caso. O escritório do Príncipe e do consultor teria dito para os banqueiros da milionária turca que o dinheiro dela havia sido usado como um presente de casamento para a Princesa Beatrice, que se casou em julho do ano passado. 

A milionária Isbilen teria dado 67 milhões de libras para que seu consultor financeiro conseguisse para ela um passaporte para que pudesse sair da Turquia. 

O que dizem a Princesa Eugenie e a Duquesa de Iorque 

Segundo o jornal britânico The Telegraph, as duas princesas não teriam conhecimento do envolvimento dos seus pais, o Duque e a Duquesa de Iorque, nestes pagamentos. 

Em nota divulgada pela revista americana People, a Princesa Eugenie comentou: "No dia 31 de março eu recebi um carta dos advogados Peters & Peters da sua cliente Nebahat Evyap Isbilen em sua acusação contra o Sr. Selman Turck (consultor financeiro) e outras partes. Eu não conheço nem a Sra. Isbilen e nem o Sr. Turck, nem quaisquer outros detalhes da acusação, e fiquei surpresa ao receber esta carta". 

Sarah Ferguson, a ex-esposa de Andrew e Duquesa de Iorque, também se defendeu das acusações em nota: "A Duquesa desconhecia completamente as acusações feitas contra o Sr. Turk. Ela está naturalmente preocupada com o que foi alegado contra ele". 

O outro escândalo do Príncipe Andrew 

Em fevereiro deste ano, o Príncipe encerrou um processo em que estava sendo acusado de abuso sexual com uma negociação

A advogada Virignia Giuffre (38) acusou o filho da Rainha de tê-la abusado quando ela tinha 17 anos. Durante o processo, o membro da Família Realperdeu seus títulos militares e não pode mais ser chamado de Vossa Alteza