Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Publicidade / Fashion Tendências

Vestido solto é opção para quem acabou de ter bebê; veja dicas do que vestir no pós-parto

Algumas mulheres podem se sentir incomodadas com a silhueta que exibem após a gravidez. Confira dicas de Alexandre Krizek para se vestir melhor

Raphaela Cunha Publicado em 21/03/2014, às 10h40 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Kate Winslet - Getty Images
Kate Winslet - Getty Images

Cerca de três meses depois de dar à luz a seu terceiro filho, Bear, Kate Winsletmostrou que não falta disposição para recuperar sua antiga forma física. A atriz marcou presença na première de seu mais novo filme, “Divergente”, usando um vestido longo colado, que deixou em evidência sua silhueta bem mais fina.

Em 1ª aparição após dar à luz, Kate Winslet recebe estrela na Calçada da Fama

Ao contrário de Kate, muitas mulheres não têm a mesma facilidade para emagrecer e acabam carregando alguns quilinhos ganhos durante a gestação por um período mais longo. Em conversa com a CARAS Digital, o consultor de moda e estilo, Alexandre Krizek, deu algumas dicas paras as mamães que ainda lutam para retomar o corpo de antes. “A sugestão é usar roupas mais folgadas ou com tecidos fluidos. Com o passar do tempo o corpo volta a ser o que era. A mulher tem muita flacidez na região abdominal, o peito fica inchado e o guarda roupa deve ser adaptado antes, durante e no período pós gestação,” ensina.

Kate Winslet pode batizar bebê em homenagem à idosa que salvou de incêndio

Segundo, o consultor, elas ainda insistem em usar looks que exibiam antes de ficarem grávidas e que não ficam com um bom caimento: “Invistam em trajes, vestidos que não marquem a silhueta. Muitas cometem o erro de vestir a mesma roupa de antes da gestação. Ela vai caber, porque tem elastano, mas não fica bom,” ressaltou.

Kate Winslet ganha viagem para o espaço como presente de casamento

Para finalizar, ele contou que vale a pena apostar na regra das cores escuras para esconder possíveis imperfeições, como gordurinhas abdominais e as mais claras para ressaltar os pontos fortes da silhueta feminina.