Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Publicidade / Fashion Tendências

Costanza Pascolato comenta a mudança no calendário da moda brasileira

Juliana Cazarine Publicado em 30/03/2013, às 18h12 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Para Costanza Pascolato, a indústria têxtil tem que se acostumar com o novo calendário da moda brasileira - TV CARAS
Para Costanza Pascolato, a indústria têxtil tem que se acostumar com o novo calendário da moda brasileira - TV CARAS
A mudança no calendário da moda brasileira ainda gera polêmica. No São Paulo Fashion Week, a novidade provocou baixas no line-up do evento, que não teve Gloria Coelho nem Reinaldo Lourenço. Assista ao vídeo e confira a opinião da consultora Costanza Pascolato sobre o assunto

O Brasil encerra a temporada de moda verão 2014 com os desfiles do Fashion Rio, que começa no próximo dia 15 de abril, e vai na contramão da moda internacional. “Agora, o Brasil lança o verão antes de todo o Hemisfério Norte. E já lançou o inverno em outubro do ano passado”, afirma Costanza Pascolato. Há pouco mais de um mês, a Semana de Moda de Paris finalizava a temporada de inverno 2013, pela qual também aconteceram desfiles em Nova York, Inglaterra e Milão. A falta de sincronia ocorre devido à mudança no calendário da moda nacional, que se concretizou em outubro, e ainda gera polêmica: essa antecedência pode prejudicar os estilistas? “A mudança aconteceu porque o Brasil achou que poderia ser mais competitivo. Vamos ver”, pondera Costanza.

Por enquanto, a alteração do calendário impactou apenas o line-up dos desfiles. “O São Paulo Fashion Week está menor, com menos marcas, porque algumas acharam que é muito cedo”, afirma Costanza. Em São Paulo, Reinaldo Lourenço e Gloria Coelho optaram por não apresentar suas coleções para o verão.

Até janeiro do ano passado, simultaneamente às semanas de moda internacionais, o Brasil desfilava suas coleções de inverno. Com a mudança, as primeiras edições da São Paulo Fashion Week e do Fashion Rio acontecem em março, não mais em janeiro, e apresentam desfiles de verão. As semanas de moda com coleções de inverno acontecem em outubro. “O calendário mudou e a cadeia têxtil e de confecção tem que se adaptar”, avalia Costanza Pascolato.

Assista ao vídeo: