SALGUEIRO

Publicado sexta 27 fevereiro, 2009

A alegoria Essência Ritual reproduz sons de animais selvagens no enredo Tambor, do Salgueiro - Fotos: Nilton Ricardo e Pedro Paulo Figueiredo

SALGUEIRO, , data de nascimento

O Acadêmicos do Salgueiro optou por um enredo de nome fácil, muito ritmo e repercussão: Tambor. A vermelha e branca da Tijuca, zona norte do Rio, levou para a Marquês de Sapucaí a história do instrumento musical e do significado do batuque. Uma trajetória que envolve de projetos sociais a rituais africanos, passando pelas relações com a natureza. Foi o que mostrou o segundo carro alegórico, Essência Ritual, que reproduzia o som de animais selvagens. O resultado ecoou na passarela. Vice-campeã em 2008, o Salgueiro arrancou gritos de "É campeão", das arquibancadas populares do setor 1, bom termômetro para medir o favoritismo das agremiações. Comandada pelo mestre Marcão (41), a bateria, apelidada como A Furiosa, deu um show à parte. Além de homenagear mestre Louro, falecido no ano passado, os 286 ritmistas animaram a avenida com as famosas paradinhas, que reproduziram até acordes da música baiana. O show e a possibilidade do campeonato, que não conquista há 15 anos, emocionaram a atriz Luana Piovani (32). Salgueirense roxa, ela assistiu à passagem da escola com o namorado, o empresário Felipe Simão (27), do Camarote da Brahma. Lá, falou sobre sua paixão pelo carnaval carioca. "Apesar de paulista, me entrego à folia do Rio há muito tempo. É uma alegria que contagia. Além do Salgueiro, torço para a Mangueira. Defendo ambas com todas as minhas forças", garantiu ela.

A alegoria Essência Ritual reproduz sons de animais selvagens no enredo Tambor, do Salgueiro / foto: Fotos: Nilton Ricardo e Pedro Paulo Figueiredo
Torcedora da escola, Luana vê o desfile com o amado, Felipe Simão / foto: Fotos: Nilton Ricardo e Pedro Paulo Figueiredo

Último acesso: 23 Oct 2020 - 21:23:47 (121839).

TV CARAS