Eventos One Day Golf

OS DESAFIOS DE JULIANNE TREVISOL

quinta 28 junho, 2007
Ela se orgulha de já ter atuado em 15 peças e em novelas como <i>Floribella</i> e <i>Paixões Proibidas</i>, da Band. Na paz da Ilha de CARAS, lê <i>Água Viva</i>, de Clarice Lispector.
Ela se orgulha de já ter atuado em 15 peças e em novelas como <i>Floribella</i> e <i>Paixões Proibidas</i>, da Band. Na paz da Ilha de CARAS, lê <i>Água Viva</i>, de Clarice Lispector.


ATRIZ REENCONTRA O SEU GRANDE AMOR E INVESTE NA CARREIRA

por Luciana Marques Por trás do jeito meigo de Julianne Trevisol (23), existe uma personalidade forte e persistente. Eé com vontade e disciplina que ela vem demarcando seu espaço como atriz. Além de 15 peças no currículo, Julianne festeja o êxito de atuações como a Olívia, em Floribella, e a Mariana, de Paixões Proibidas, na Band, em 2006. "Estou sempre buscando mais, é a magia da vida. Não curto este lance de 'agora vou descansar'. Atualmente, venho fazendo comerciais e tenho o projeto de uma peça", diz. A perseverança é a mesma quando o assunto é o coração. Ela acaba de reatar o namoro de três anos e meio - entre idas e vindas - com o empresário Raphael Brahma (23), de quem ficou separada por três meses. "O reencontro foi lindo. Olhamos para nossas mãos e vimos que nenhum dos dois havia tirado o anel que usávamos. O que havia de mais especial na relação nunca deixou de estar grudadinho com a gente", conta, docemente. - Como foi ficar longe dele? - Vivemos situações diferentes e respeitamos isso. Se voltasse no tempo, não mudaria. Hoje somos um casal mais maduro e feliz. - Como se reencontraram? - A vida se encarregou disso. Foi em um sinal de trânsito e vimos que um sentia muita falta do outro. Sou apaixonada pela pessoa linda que ele é, o namorado que qualquer mulher gostaria de ter. O amor e a admiração que tenho pelo Raphael vou carregar para sempre. Além de me apoiar na profissão, ele me enche de amor todos os dias. - Você parece ser bem tranqüila. Há algo que te tira do sério? - Qualquer tipo de injustiça me incomoda. A falta de sensibilidade e comprometimento das pessoas também me deprime. E isso é visível hoje, ainda mais na minha profissão, que mexe com ego. Parece que tudo é descartável. O bom é conhecer artistas de verdade, de alma e coração. As pessoas deveriam repensar os seus valores. Agradecimentos: Colcci e Rosana Bernardes; Beleza: Duh. FOTOS: MARIANA VIANNA/A7 FOTOGRAFIA
Atualizado quinta 28 junho, 2007 (107247)

Mais conteúdo sobre:

COMPRE E GANHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  1. 1 Com a vitória do ator, os últimos peões da equipe Sol vão a voto popular; Confira! A Fazenda: Rodrigo Phavanello vence prova do fazendeiro
  2. 2 Rodrigo Faro é afastado da TV após problemas de saúde
  3. 3 Lívia Andrade posa exibindo decote ousado: ''Mulherão!''
  4. 4 Thais Fersoza se derrete pela filha dançando ballet
  5. 5 Daniella Cicarelli exibe novo visual e impressiona web
  6. 6 Carolina Dieckmann surge de biquíni e esquenta a web
  7. 7 Leo Dias é suspenso do 'Fofocalizando' e desabafa na web
  8. 8 Nathália Dill se despede da vilã Fabiana em última gravação
  9. 9 Vera Viel compartilha clique mostrando closet enorme e choca
  10. 10 Isis Valverde choca ao exibir festa de aniversário do filho