olimpiadas-2021 Não Deu!

Arthur Nory desabafa após eliminação em Tóquio: ''Errei''

O ginasta Arthur Nory teve um desempenho abaixo do necessário em sua apresentação na barra fixa

CARAS Digital Publicado sábado 24 julho, 2021

O ginasta Arthur Nory teve um desempenho abaixo do necessário em sua apresentação na barra fixa
Arthur Nory desabafa após eliminação em Tóquio - Foto: Gaspar Nobrega/COB

Medalhista de bronze no solo em 2016, Arthur Nory (27) desabafou após não conseguir avançar para a final nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O ginasta teve um desempenho abaixo do necessário em sua apresentação na barra fixa, conquistando a pontuação de 14.133, e ficou apenas no 11º lugar — os oito melhores se classificaram à final. Depois, Nory se apresentou no solo e sofreu uma queda no fim.

No Instagram, ele fez um desabafo sobre a apresentação em Tóquio. "Pois é… Aconteceu… Errei e erros acontecem pra quem é ser humano. Na vida e no esporte. Assumo toda responsabilidade. É doído, é complicado, mas vem como um aprendizado. Aprendendo todos os dias a ser uma pessoa melhor e poder inspirar outras pessoas. Ser resiliente pra aguentar a pressão dentro e fora do ginásio. Me superar todos os dias, as dores, ficar longe de casa, as críticas, os linchamentos e colocar a cara a tapa, de frente", começou ele. 

Nory criticou quem estava torcendo para ele ser eliminado. "Hoje sem medo, sem medo de falar, sem medo de assumir, sem medo me perdoar, sem medo de me amar. Para os que comemoram o fracasso alheio, meu desejo de que evoluam. (como vi muitos aqui). Foi um dia de aprendizado e vontade de querer estar mais e mais. Aos que torcem por mim, muito obrigadooo. Vocês não fazem ideia do quanto vocês são importantes e me fazem bem. Seguimos. Um dia de cada vez."

"O passado dói, mas temos duas opções… Continuar sendo quem éramos ou aprender com ele e mudar. E assim sigo. Não Deu pra pegar essa final. 1min, de 5 anos e um longo passo na saída… Chorei, choro. Mas to aqui. O sorriso do Nonô vai continuar e não vai parar. Seguimos", finalizou. 

Confira: 

Arthur Nory comenta ataques dos haters

Em 2015 Arthur Nory cometeu um ato racista e após esse episódio ele sempre é atacado nas redes sociais. Em entrevista ao repórter Carlos Gil, da TV Globo, após a eliminação, o ginasta falou sobre os ataques que recebe.

"Eu tive muito medo, fiquei muito acuado para tudo. Eu estou abrindo meu coração de verdade. Tudo o que aconteceu na minha história desde o episódio de racismo de 2015, que vem à tona sempre que eu apareço. Então é um processo de amadurecimento diário, de entender e melhorar. A gente tem que buscar esses erros e melhorar. Assim como no esporte. Mas, no esporte, essa chance é só de quatro em quatro anos. Mas é aprender com isso e melhorar. Para Paris, fazer diferente", afirmou ele. 

Depois na sala de imprensa, Nory revelou ter sofrido com depressão e burnout, síndrome de esgotamento mental por conta do trabalho. "Foi ano difícil, tive burnout, depressão, tive que parar um tempo, voltar, focar na barra. E estou aqui em mais uma Olimpíada. Atleta, ser humano, a gente erra. Treinei bastante, foi um ano complicado, mas eu me entreguei. Fui até o fim brigando, ajudando a equipe no que eu podia."

Último acesso: 18 Oct 2021 - 07:51:25 (395343).

Leia também

TV CARAS