Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Novelas / SEGUNDO SOL

Na reta final de 'Segundo Sol', Roberval e Severo se perdoam

Pai e filho irão esclarecer os problemas durante o assalto na mansão da família Athayde

CARAS Digital Publicado em 25/10/2018, às 09h22 - Atualizado às 10h53

Roberval (Fabricio Boliveira) e Severo (Odilon Wagner) - Globo/Fabiano Battaglin
Roberval (Fabricio Boliveira) e Severo (Odilon Wagner) - Globo/Fabiano Battaglin

A família Athayde vive momentos de pânico desde que ladrões invadiram a mansão. Sarcásticos, os bandidos decidem que Roberval (Fabricio Boliveira) precisa matar Severo (Odilon Wagner), quando percebem o passado mal resolvido entre os dois durante uma discussão.

Tomando as dores de Roberval, os ladrões colocam uma arma na mão dele e o incentivam a atirar. Muito nervoso, o ex-milionário diz que não é um assassino e devolve a arma. Um dos bandidos tem a ideia de deixar pai e filho sozinhos na sala e os colocam sentados de frente um para o outro. Enquanto isso, o restante da família é levado de volta ao pequeno quarto da área de serviço. 

Diante de Roberval, Severo diz que ele deveria tê-lo matado, pois nunca foi um pai para ele e nem o homem bom que Zefa (Claudia Di Moura) mereceu ter. Em seguida, analisa todos os erros que cometeu e Roberval o interrompe, dizendo que não é hora para crise de consciência. Mas Severo continua tentando se redimir e pergunta se pode chamá-lo de filho.

Comovido, Roberval assente e pede que o pai lhe dê um sorriso. Entre risos e lágrimas, o patriarca dos Athayde pede perdão a Roberval, que também pede a ele que o perdoe, em clima de muita emoção. 

A cena está prevista para ir ao ar nesta quinta, dia 25 .