novelas No ar!

Fernanda Vasconcellos sobre afastamento das novelas: ''Expandindo minha carreira''

Atriz Fernanda Vasconcellos comentou do seu trabalho em 'A Vida da Gente' e falou de novos projetos na dramaturgia

Felipe Gatto Publicado domingo 11 julho, 2021

Atriz Fernanda Vasconcellos comentou do seu trabalho em 'A Vida da Gente' e falou de novos projetos na dramaturgia
Atriz falou sobre a trama das seis e isolamento social - André Nicolau

Atualmente no ar como Ana, uma das mocinhas na reprise especial da novela A Vida da Gente, a atriz Fernanda Vasconcellos (36) novamente se viu sob os holofotes.

Afastada da telinha desde 2019, quando viveu a personagem Lígia na série Coisa Mais Linda, sucesso no catálogo da Netflix, a artista segue presente na memória afetiva de muitos telespectadores.

Em conversa exclusiva com a CARAS Digital, Fernanda abriu o jogo sobre um possível retorno para as novelas, falou sobre novos projetos e ainda contou como encarou o isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19.

Apesar de estar sendo vista todas as noites na trama de Lícia Manzo (56) na faixa das 18 horas da Globo, a última novela de Fernanda Vasconcellos na emissora foi Haja Coração, de 2016.

Questionada sobre o assunto, a artista garantiu que não quis abandonar os folhetins, mas sim, expandir os horizontes da sua carreira e investir em outros formatos, como séries e cinema.

"Eu não me afastei das novelas, na verdade, eu estou expandindo a minha carreira com novas formas de se fazer áudio-visual. Eu preciso abrir a minha gama de possibilidades, para evoluir, aprender, sou uma assalariada da arte, quero melhorar, viver bons personagens, personagens diferentes, de outras culturas, além de estar conectada com outras formas de trabalho, como cinema, séries", respondeu ela.

"Não é um afastamento. É diversificar. O público pode me ver nesses últimos tempos com outros tipos de projetos e com personagens bem diferentes. É isso que eu procuro e venho escolhendo para alargar a minha carreira", complementou a famosa que entrou para o streaming e brilhou como a destemida Lígia nas duas temporadas de Coisa Mais Linda, série nacional da Netflix.


Série Coisa Mais Linda, da Netflix

Sobre novos projetos, Fernanda Vasconcellos não descartou um retorno para as novelas, apesar de estar sem convites no momento. "Sobre projetos, para TV, ainda não tenho por hora, mas tenho novos projetos para o cinema", confirmou a atriz que mantém uma postura mais reservada em suas redes sociais, fazendo poucas postagens e interações com os mais de 2 milhões de seguidores que a acompanham no Instagram.

"Eu apareço pouco nas redes sociais, mas não é nada pensado, é algo meu. Gosto de exercer a minha profissão e nas redes sociais eu ainda não encontrei uma maneira de fazer isso. Minha relação com os fãs é de carinho e de respeito. É muito lindo saber que existe alguém que te admira pelo seu ofício. É lindo e muito prazeroso isso...", afirmou.

Quando o assunto foi o isolamento social e a pandemia do novo coronavírus, Fernanda ressaltou que manteve o distanciamento ao lado do marido Cássio Reis (43), e buscou tirar lições e aprendizados nesse momento tão delicado.

"Eu tenho dividido a minha rotina nas tarefas da casa com o Cássio [Reis], estamos isolados desde março de 2020. A pandemia me afetou como atriz no sentido dos projetos, todos parados e adiados. Estão retomando agora, de uma maneira bem discreta, por conta da vacina. Agora como pessoa, eu tive que aprender a lidar com essa mudança de ver os projetos parados, aprender a lidar com o tempo, a vida ficou lenta e tudo mais calmo. Por outro lado, ganhamos a convivência de maior tempo com quem a gente ama e com quem a gente escolheu para estar perto", declarou.

Ainda em conversa com a CARAS Digital, Fernanda Vasconcellos falou da novela A Vida da Gente e ressaltou a importância da personagem Ana em sua carreira na dramaturgia. "Eu acho que a trama foi bem aceita porque não subestima o público. Não tem vilão e nem mocinho, mas tem tipos de personalidades diferentes, fazendo o público se identificar com as pessoas ali na tela, se vendo representado, aprendendo a julgar, a não julgar e fazendo a própria leitura. O público pode fazer uma leitura própria a partir da trama, não está tudo ali preto no branco. As histórias ali se misturam, como acontece na vida e nas relações humanas. A Ana foi muito importante para mim", comentou.

Último acesso: 01 Aug 2021 - 22:54:42 (394242).

Leia também

TV CARAS