novelas Trama das 18 horas

Emília tem surto de raiva e destrói livros feministas da filha em 'Éramos Seis'

Emília tem surto de raiva e destrói livros feministas da filha em 'Éramos Seis'

CARAS Digital Publicado quarta 27 novembro, 2019

Emília tem surto de raiva e destrói livros feministas da filha em 'Éramos Seis'
Tia de Lola não aceita postura da herdeira liberal - Divulgação/TV Globo

A Tia Emília (Susana Vieira) ainda não conseguiu se adaptar com o jeito da filha Adelaide (Joana de Verona) que vivia na Europa e voltou para o Brasil na novela Éramos Seis.

Ao se deparar com a postura liberal e diferente da herdeira que não abaixa a cabeça para ela, a parente rica de Lola (Glória Pires) vai ter uma baita surto na trama de época das 18 horas da Globo.

De acordo com o site Notícias da TV, irritada com as roupas, as falas e até os livros da jovem, a personagem tomará uma atitude drástica e irá destruir os pertences da filha. “Esperei tanto pela volta de minha filha… Para quê? Se não estamos nunca juntas! Ela me culpa por tê-la abandonado, mal sabe ela que tudo que fiz foi para que não convivesse com uma irmã doente”, falará ela.

“Não sabemos onde se enfia, mas olha o que lê. Livros proibidos, livros de uma desvairada. Virgindade Inútil, Virgindade Anti-higiênica”, dirá Emília sobre as obras da herdeira.

“É imoral. Eu não aprovo esta leitura. O que mais minha filha pensa? Que ideias ela tem? Deixei a casa em paz para receber Adelaide, tirei Justina daqui e ela vem com pensamentos imundos. Leve esse lixo pro lixo”, ordenará Emília para o seu empregado.

 

Último acesso: 27 Sep 2020 - 22:32:05 (336400).

TV CARAS