Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Vestidos de noiva de algodão: conforto e beleza

Mesmo optando pelos trajes tradicionais, é possível usar tecidos inovadores

Redação Publicado em 02/08/2012, às 18h19 - Atualizado em 21/02/2013, às 18h42

Claire Pettibone (clairepettibone.com) - Reprodução
Claire Pettibone (clairepettibone.com) - Reprodução

Há algumas décadas, as mulheres têm desafiado a tradição na hora de se casar. Se antes o normal era um casamento na igreja, com vestido branco de tecidos nobres, hoje as opções são mais variadas. Os vestidos e os buquês podem ter diferentes cores e composições, e as locações para a cerimônia passaram a ser cada vez menos baseadas na expectativa geral e mais na relação emocional do casal com um determinado lugar.

Outro sinal dessa mudança é que o algodão vem se tornando um tecido requisitado, substituindo as sedas, tafetás, rendas e cetins. Alguns novos designers, como Claire Pettibone e Jim Hjelm, têm usado mais o algodão, tanto por preferência pessoal quanto para atender ao pedido de noivas, que buscam, acima de tudo, conforto.

Pettibone, que vestiu a esposa de Mark Zuckerberg, Priscilla Chan, em seu recente casamento em Palo Alto, Califórnia, já disse em entrevistas que acredita na permanência desse hábito. Muitas mulheres que optam por trajes tradicionais têm procurado os novos estilistas e se inspirado na ideia de tecidos menos tradicionais, mas de alta qualidade.

Da redação