musica fim da polêmica

Wesley Safadão se pronuncia após decisão judicial; Saiba o novo valor da pensão

Mileide Mihaile saiu aplaudida do tribunal e celebrou nas redes sociais: ''Justiça''

CARAS Digital Publicado sábado 28 julho, 2018

Mileide Mihaile saiu aplaudida do tribunal e celebrou nas redes sociais: ''Justiça''
Mileide Mihaile e Yudhy/ Wesley Safadão - reprodução/instagram

Aconteceu na última sexta-feira, 27, o julgamento envolvendo Wesley Safadão e Mileide Mihaile, para definir, por fim, qual valor de pensão deveria ser pago à ex-esposa do cantor, mãe de Yudhy Lima.

Mileide Mihaile deixou o tribunal aplaudida. Wesley Safadão, por sua vez, soltou um comunicado por meio de sua assessoria de imprensa pedindo por paz após o desfecho do caso. 

Em entrevista, durante o Fortal, ele falou com a CARAS sobre a conclusão do julgamento. "Estou muito feliz, foi um resultado que a gente pensou no bem do Yhudy, na integridade dele. Como eu falei, nunca foram 10 salários mínimos. Em 2015, eu passei a ofertar muitas coisas por fora. Então acho que ficou bom porque ela queria que fosse regularizado. Ela tinha os pedidos dela e eu tinha os meus.”

Safadão, ainda, alegou que tudo foi pensado e realizado para o melhor bem-estar do pequeno. “A conciliação foi feita pensando a todo  momento no bem-estar de Yhudy. Graças a Deus tudo terminou bem, quero preservar a integridade emocional do meu filho e nesse momento só desejo que a paz volte a reinar!

Segundo supostas informações do jornal Diário do Nordeste, o juiz quadruplicou o valor pago anteriormente pelo músico. Antes, Mileide recebia cerca de R$ 9 mil. Após o acordo, o valor chegou em R$ 38 mil.

Além do dinheiro, ele será responsável pelo pagamento de impostos e será obrigado a fornecer uma viagem internacional por ano para o menino e a mãe, em primeira classe, com direito a babá e gastos no destino cobertos, também, por ele. 

Todo o dinheiro será administrado pela mãe de Yudhy, da forma como ela julgar adequado, pensando no bem de seu herdeiro. 

O cantor, ainda, afirmou que o mais importante do acordo foi a flexibilidade para ambos terem tempo ao lado de Yudhy. "Eu posso sair para trabalhar em paz e saber que, quando eu voltar para casa, vou ter a oportunidade de ficar com o meu filho. Então eu acredito que está tudo em paz”, disse com exclusividade.

"Ficou acordado que o valor já pago mensalmente desde 2015, de forma não regulamentada, a partir desta data foi oficializado e homologado pela juíza em prol do filho. Em respeito ao ilustre promotor da Vara e a meritíssima juíza, Wesley Oliveira se resguarda a não divulgar os termos acordados no processo que antes corria em segredo de justiça e que agora segue em sigilo", dizia o comunicado. 

 

Último acesso: 09 Aug 2020 - 02:26:39 (304816).