Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

"Meu exemplo será legal para eles", diz Thiaguinho sobre o 'SuperStar'

O cantor, que participou do Fama em 2002, fala sobre o desafio de julgar as bandas no reality musical que estreia no dia 12 de abril

Kellen Rodrigues Publicado em 10/04/2015, às 11h58 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Thiaguinho - André Schiliró / Divulgação
Thiaguinho - André Schiliró / Divulgação

Trezes anos após participar do programa Fama, quando ainda era um jovem em busca do sonho de viver de música, Thiaguinho agora está 'do outro lado do balcão'. Ao lado deSandy ePaulo Ricardoele será um dos jurados do SuperStar, reality dominical da Globo que revela o talento de bandas para todo o Brasil.

"Vou seguir meu coração. Essa é a emoção do ao vivo. Passar a minha impressão do que ouvir na hora", diz Thiaguinho, evitando criar um estereótipo do tipo de juiz que será no programa. "Sou fruto de um reality show e se não tivesse tido essa oportunidade, acho que não seria o que sou hoje. É a chance para os artistas que vieram do interior, como eu, mostrarem seu talento. Acho que meu exemplo será legal pra eles. Participei, não ganhei e continuei atrás do meu sonho. Porque participar do programa já é uma grande vitória", avalia.

Mas o SuperStar é apenas uma das novidades do cantor para 2015. Ele está envolvido com a divulgação do CD Hey, Mundo! - o quarto álbum de sua carreira solo, que traz 14 músicas, composta por ele e por parceiros. "A escolha do repertório é o principal em um disco, na verdade, é o principal na carreira de um artista. Se não tiver música, não tem nada", diz. "Então, eu escuto e faço muita coisa pra chegar nas músicas do disco e só entra o que a gente aposta. Por isso, é um processo bem lento", explica. "Primeiro, tem que me agradar, porque o que me faz feliz é música e o que eu mais gosto de fazer nessa vida é cantar e fazer música. Acho que quando me agrada, isso acaba passando para as pessoas. O artista vive muito de energia, é uma troca. Se sua energia for boa e se você fizer aquilo de coração e de verdade, isso atinge as pessoas e, graças a Deus, vem atingindo e dando certo. Minha intenção é fazer músicas pra ficar pra sempre na vida das pessoa".

Paralelamente ao SuperStar e à divulgação do novo álbum, ele apresenta o Música Boa Ao Vivo, no Multishow. E como será a rotina? "Corrida (risos). Já me acostumei com essa vida sem rotina. Eu me dividia muito entre Rio e São Paulo, mas agora está um pouco melhor porque estou morando no Rio. Depois dos shows venho direto pra cá onde, inclusive, são gravados o SuperStar e o Música Boa Ao Vivo. Pelo menos nesse primeiro semestre vou ficar mais em casa", conta o artista, que se mudou para a capital fluminense após o casamento com a atriz Fernanda Souza, em fevereiro.

Entusiasmado com a segunda temporada do Música Boa, ele estreia no dia 14 de abril. "Se Deus quiser, vai repetir o sucesso da primeira temporada. Não vejo a hora de voltar. Amo estar naqueles três palcos. Voltamos ao vivo no dia 14 com Seu Jorge, Caetano Veloso e Xande de Pilares. Só feras", comemora.