Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Desabafo

Solange Almeida se emociona no Domingão e relembra preconceito

Solange Almeida falou sobre o começo da carreira e se emocionou ao desabafar sobre preconceito

CARAS Digital Publicado em 20/01/2020, às 10h35 - Atualizado às 10h43

Solange Almeida se emociona no Domingão e relembra preconceito - Globo
Solange Almeida se emociona no Domingão e relembra preconceito - Globo

Solange Almeidaparticipou do programa Domingão do Faustão no domingo, 19, e relembrou o preconceito que sofreu no começo da carreira.

"Aconteceu um fato que me marcou muito. Eu era gordinha, desci do avião, toda feliz, primeira vez que eu eia estar na cidade. Quando chego no aeroporto tinha um grupinho. 'Cadê a Solange, quero ver a Solange'. Disseram: 'É aquela ali'. 'Não acredito que passei duas horas pra ver uma baleia descer do avião'. Seria cômico se não fosse trágico", disse.

A cantora ainda confessou que foi recusada por diversas bandas por conta da sua aparência. "[...] Muita gente deixou de me contratar porque quando via que eu era gordinha dizia: 'Não quero'. Eu disse: vou amarrar a chuteira, não vou mais cantar, não vou enfrentar público mais. Eu não queria ser mais cantora de frente, porque aconteciam coisas terríveis".

Após colocar um ponto final no seu casamento de três anos com Leandro Adriani, ela contou como consegue manter a alegria na hora de se apresentar. "Às vezes a gente tem que encarnar um personagem, precisa. Às vezes estou passando por um momento muito difícil e tenho que encarnar um personagem para que as pessoas não vejam que estou mal."