Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Sinead O’Connor ameaça processar Miley Cyrus e exige pedido de desculpas em nova carta

CARAS Online Publicado em 04/10/2013, às 13h34 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Sinead O'Connor e Miley Cyrus - Terry Richardson/ Getty Images
Sinead O'Connor e Miley Cyrus - Terry Richardson/ Getty Images
Sinead O’Connor escreveu uma terceira carta aberta para Miley Cyrus, onde exige que ela se retrate publicamente por tirar sarro dela e de Amanda Bynes. 'Quando você terminar na reabilitação ou na clínica psiquiátrica, eu ficarei feliz de te fazer uma visita... e não vou me permitir tirar sarro de você', diz o texto

O que era para ser uma troca de conselhos pode acabar virando em uma disputa judicial. A irlandesa Sinead O’Connor escreveu uma nova carta aberta afirmando que irá processar Miley Cyrus, caso a cantora não se retrate pelo que escreveu sobre ela no Twitter.

Miley comparou Sinead com Amanda Bynes, que foi internada em um hospício e atualmente está internada em uma clínica de reabilitação. A ex-Hannah Montanna ainda publicou uma imagem que mostrava tweets antigos de Sinead pedindo socorro psiquiátrico na rede social há dois anos.

“O que você fez ontem foi desenhado para me destruir e destruir minha carreira, e me causou um enorme estresse e perseguição e tem potencial para prejudicar minha carreira, desde que você deliberadamente deu a impressão de que aqueles meus tweets não eram de dois anos atrás, mas que refletem minha real condição”, desabafou Sinead no Facebook. “Se você não pode se desculpar, eu não vou ter outra escolha senão trazer um processo legal contra você considerando que é extremamente difícil conseguir trabalho quando as pessoas acreditam que você sofre de uma doença mental”, completou.

Esta é a terceira carta aberta que Sinead publica para Miley Cyrus. A primeira foi uma tentativa de aconselhar a jovem cantora, que está no olho do furacão da mídia e sendo julgada por explorar sua imagem em clipes e performances ao vivo. Sinead decidiu escrever o texto, depois que leu uma entrevista de Miley no qual ela dizia ter se inspirado na música Nothing Compares 2 U para gravar o clipe Wrecking Ball. "Estou extremamente preocupada com você e com aqueles que te rodeiam e têm feito você acreditar, ou encorajando você no sua própria crença, de que é ‘legal’ ficar nua e lamber marretas nos seus vídeos", disse a irlandesa. "Não deixe a indústria musical te transformar em uma prostituta", pediu. 

Logo depois da primeira carta, Miley comparou Sinead com Amanda Bynes no Twitter. Então, a veterana da música voltou a escrever para a novata no Facebook: “Miley... Sério? Que está te aconselhando? Porque me atacar é ainda mais estúpido do que se comportar como uma prostituta e chamar isso de feminismo”.

Nesta madrugada de sexta-feira, 4, Miley voltou a comentar o assunto no Twitter. “Sinead, eu não tenho tempo para escrever uma carta aberta para você porque estou apresentando o Saturday Night Live neste final de semana. Então, se você deseja me encontrar e conversar, me avise na sua próxima carta”, escreveu.

Leia outros trechos da terceira carta aberta de Sinead para Miley Cyrus:

“Eu não tenho interesse em te encontrar. Você teve tempo suficiente ontem para abusar de Amanda Bynes... uma parte inocente... e de mim... que também não fez nada para merecer sua agressão, assim como todos que sofrem de um problema mental e cada pessoa que sofreu nas mãos de padres” (Sinead diz ter sofrido abusos físicos e psicológicos de seus pais e de um padre quando era criança). 

“Você pode tirar cinco minutos hoje para fazer uma desculpa pública e remover seus tweets de agressão. Se você não fizer isto, então você não dá a mínima para quem você fez piada e os danos que você causou sendo tão ignorante”.

“Quando você terminar na reabilitação ou na clínica psiquiátrica, eu ficarei feliz de te fazer uma visita... e não vou me permitir que tirem sarro de você”.