Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

"Ser famoso não muda em nada nossa condição de mamíferos mortais", diz Caetano Veloso

Em turnê pela América do Sul, o cantor revelou que ainda é anônimo na maioria dos lugares do mundo

CARAS Digital Publicado em 11/11/2014, às 11h19 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Caetano Veloso - Anderson Borde/AgNews
Caetano Veloso - Anderson Borde/AgNews

Em turnê pela América do Sul com o Abraçaço, Caetano Veloso conceceu uma entrevista ao jornal argentino Los Andes e falou sobre a questão de ser famoso.

"Fui anônimo até os 24 anos. E ainda sou em muitos lugares do mundo. Na maioria! Posso dizer que a fama e o anonimato têm, ambos, vantagens e desvantagens. Ser famoso ou não, na verdade, não muda em nada nossa condição de mamíferos mortais", disse o cantor para a publicação.

Comparado a Mick Jagger, vocalista do Rolling Stones, sobre a preparação para sua turnê mundial, Caetano desconversou. "Nunca fiz exercícios como o Mick Jagger. Sou muito preguiçoso e desorganizado. Por outro lado, nunca tive o hábito de usar drogas", contou.