Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Quero ser Beyoncé! Fã brasileiro faz filme inspirado na cantora

'Quero Ser Beyoncé!' é uma homenagem do fã Valter Rege, que conta a história de superação de uma mulher por meio das músicas da cantora americana

CARAS Online Publicado em 12/09/2013, às 11h40 - Atualizado em 16/06/2020, às 15h18

Beyoncé - Getty Images
Beyoncé - Getty Images

Beyoncé, que está em turnê pelo Brasil, foi a inspiração do jovem Valter Rege para um filme dirigido por ele durante sua graduação no curso de Rádio de TV da Universidade Belas Artes. Fanático pela cantora, ele decidiu homenagear a história da pop star no filme Quero Ser Beyoncé!.

“Quando se ouve falar em Beyoncé Knowles, a maioria das pessoas associa rapidamente a imagem de uma mulher sensual. Mas, estudando seu histórico de vida profissional e pessoal, encontramos um referencial de mulher que tem o dom de inspirar outras mulheres a serem não apenas sensuais, e sim, fortes”, diz a descrição do filme. “O objetivo era juntar pessoas em busca de experiências e transformar o período de aprendizado em algo que contribuísse para a sociedade”.

+ Beyoncé é 'inocentada' no caso da Roda Gigante. Entenda!

O filme conta a história de uma mulher que sofre por ser desvalorizada pelo marido e não tem motivação para enfrentar seus problemas. Com a ajuda de sua melhor amiga e de seu professor de dança, ela descobre nas letras de Beyoncé a força que precisa para seguir em frente. Tudo isso acontece em um curso fictício que dá título ao média metragem experimental.

Valter Rege conta que se tornou fã de Beyoncé na época que a cantora estava no Destiny’s Child. Em 2009, ele convenceu quatro pessoas a embarcarem no projeto do filme, que não tem nenhum patrocínio e nem fins lucrativos, com ele. Rege conta que recebeu muitos nãos, mas se inspirada em uma frase da estrela: "Quando eu não estou sentindo o meu melhor me pergunto: O que você vai fazer sobre isso? Eu uso a negatividade para abastecer a transformação em mim."

+ Beyoncé faz vídeo para o Brasil com ‘Garota de Ipanema’