Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Paul McCartney revela depressão após fim da banda Beatles

O ex-Beatles também falou sobre sua relação com John Lennon

CARAS Digital Publicado em 24/05/2016, às 09h49 - Atualizado às 09h55

Paul McCartney - Getty Images
Paul McCartney - Getty Images

O cantor Paul McCartney revelou em entrevista para o programa da rádio BBC, 'Mastertapes', que passou por uma depressão após o fim da banda Beatles.

Foi difícil saber o que fazer depois dos Beatles. Como seguir adiante?", questiou Paul que revelou ter começado a beber depois que a banda se separou, em 1970.

"Estava deprimido. Você estaria. Eu estava rompendo com meus amigos da vida inteira. Então, apelei para o álcool".

Segundo ele, sua esposa, Linda, foi quem o ajudou a lidar com a situação. "Foi terrível. Nós não éramos uma boa banda".

Questionado sobre sua relação com o vocalista, John Lennon, assassinado em dezembro de 1980, ele afirmou: "Foi realmente grandioso que estivéssemos outra vez juntos antes de sua morte porque teria sido algo muito difícil de lidar".