CARAS Brasil
Busca
Facebook CARAS BrasilTwitter CARAS BrasilInstagram CARAS BrasilYoutube CARAS BrasilTiktok CARAS BrasilSpotify CARAS Brasil
Música / Satanismo?

Pastor acusa cantora famosa de satanismo e ela se defende: ‘Arte’

Cantora famosa é acusada de satanismo por pastor após lançar hit, mas detona críticas

Henrique Cesar Mello

por Henrique Cesar Mello

hmello_colab@caras.com.br

Publicado em 20/06/2023, às 20h07

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cantora famosa é acusada de satanismo por pastor após lançar hit, mas detona críticas - Foto: Reprodução / Instagram
Cantora famosa é acusada de satanismo por pastor após lançar hit, mas detona críticas - Foto: Reprodução / Instagram

Após lançar seu novo hit no começo deste mês, Minha Religião, a cantora Day Limns recebeu duras críticas! Um pastor que analisou a letra da canção em seu canal no YouTube acusou a morena de estar envolvida com satanismo. É isso mesmo!

Porém, a artista não deixou as críticas passarem batido, detonando o religioso em suas redes sociais. “É aquela coisa, gente, todo artista tem seu momento de pacto com o capeta... zoeira. Ou será que não é zoeira? Porque, segundo o querido aqui que gastou bastante tempo dele para fazer uma resenha sobre o quão satanista eu sou”, ironizou Day.

“Amor, às vezes a presença maligna tá vindo de outro lugar... talvez de dentro para fora, sabe? Vamos analisar isso aí, também. Será que as pessoas não sabem o que é arte?”, questionou a artista, invertendo a situação para seu lado. Na sessão de comentários da postagem, Dau ainda brincou que toda vez que assiste ao vídeo, ela ri.

Em uma conversa com a revista Rolling Stones, Day declarou que não se importa com tais críticas. “Eu sinto como meu trabalho tem gerado interesse. Uma das coisas que eu quero fazer é gerar discussão, diálogo e fazer as pessoas falarem sobre coisas que geralmente não são faladas e acabar ouvindo coisas que, às vezes, não querem ouvir”, comentou.

“Enquanto artistas, isso é um papel fundamental que eu tenho, mas não me atinge de um lado pessoal, na real. Fico lisonjeada por ser interessante o suficiente para uma pessoa gastar energia e o tempo falando sobre e dissecando, por mais que seja do ponto de vista dela. Porque é aquela coisa: as pessoas dão o que elas têm e o fazem do ponto de perspectiva delas”, completou.