Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Pai de Miley Cyrus comenta polêmica do VMA: 'Mal posso esperar para ela chegar em casa'

O cantor Billy Ray Cyrus, pai de Miley Cyrus, disse que vai continuar apoiando a filha mesmo após repercussão negativa de sua apresentação no Video Music Awards da MTV

CARAS Online Publicado em 28/08/2013, às 10h18 - Atualizado em 17/03/2020, às 14h42

Pai de Miley Cyrus comenta polêmica do VMA - GettyImages
Pai de Miley Cyrus comenta polêmica do VMA - GettyImages

O cantor country Billy Ray Cyrus comentou a polêmica apresentação de sua filha, Miley Cyrus, no Video Music Awards 2013, que aconteceu no último domingo, 25, em Nova York. Apesar da repercussão negativa do episódio, ele afirma que vai continuar do lado da jovem estrela.

“É claro que eu sempre vou estar lá para a Miley. Mal posso esperar para ela chegar em casa”, disse Billy ao Entertainment Tonight. “Ela continua sendo minha garotinha e eu continuo sendo o pai dela, apesar de todo circo que o show business armou. Eu a amo incondicionalmente e isso nunca irá mudar”, falou.

+ Miley Cyrus é criticada por artistas, vira piada na internet e constrange até Robin Thicke

Miley se tornou alvo de críticas nos Estados Unidos após uma performance bastante ousada no prêmio musical da MTV. O Parents Television Council, fundação que avalia todo conteúdo televisivo nos Estados Unidos, definiu a apresentação dela como uma ‘exploração sexual’ e criticou a MTV por ter deixado a cantora ter feito o que fez. "A emissora mais uma vez foi bem sucedida em vender mensagens eroticamente carregadas para crianças, usando astros infantis e comerciais de camisinha - enquanto indica que a atração é apropriada para crianças de 14 anos", disse o comunicado.

Outros artistas também se manifestaram para criticar Miley. Cyndi Lauper declarou que se sentiu mal pela novata. “Aquilo nem arte era”, disse. Kelly Clarkson usou duas palavras para descrever o que viu: stripper desafinada. E até Gloria Loring, a mãe de Robin Thicke, que cantou ao lado de Miley, fez comentários negativos. "Não entendi o que Miley Cyrus estava tentando fazer. Acho que ela não deveria querer esse tipo de atenção para ela, não a beneficia em nada. Não entendi aonde ela queria chegar. Foi tudo tão exagerado que foi quase uma paródia dela mesma”, disse.

+ Dueto de Miley Cyrus e Britney Spears será 'insano', segundo produtor