Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Nick Cannon quebra o silêncio e desabafa sobre separação de Mariah Carey

O apresentador do America's Got Talent elogiou a ex mulher e colocou um ponto final nos rumores sobre o divórcio

CARAS Digital Publicado em 04/09/2014, às 10h15 - Atualizado em 10/05/2019, às 11h20

Mariah Carey e Nick Cannon - Getty Images
Mariah Carey e Nick Cannon - Getty Images

Nick Cannon, ex marido de Mariah Carey, quebrou o silêncio na noite de quarta-feira, 4, e contou detalhes sobre a separação da cantora.

"Estive ausente das redes sociais nos últimos meses por motivos óbvios, mas senti que finalmente era hora de falar. Durante este tempo desafiador para mim e minha família, foi triste ver que a mídia pode ser tão diábólica devido ao fato de eu e minha família não divulgarmos informações particulares. As pessoas são rápidas para falar coisas negativas e espalhar rumores", começou Nick em seu desabafo.

"Para gravar, eu nunca fiz ou farei qualquer manifesto referente ao meu casamento. Então, qualquer coisa que seu site de notícias tenha divulgado é fruto da imaginação. Neste período difícil, gostaria de pedir para as pessoas civilizadas para respeitar minha família e todo o processo", pediu o apresentador do America's Got Talent na TV norte americana.

+ Relembre as doze celebridades se separaram em agosto

Neste momento, Nick fez uma pausa e começou a falar especificamente sobre seu relacionamento com a cantora, mãs de seus filhos, Moroccan e Monroe.

"O que me deixa furioso é ouvir as pessoas difamando a Mariah Carey. Sempre estarei em débito com ela por ter me abençoado com nossos filhos. Eu sempre a amarei incondicionalmente por isso e muito mais. Mariah é uma mãe incrível e eu confio em sua cordialidade. Então, ver falsas matérias na mídia é um absurdo. Ao mesmo tempo que gostaria de me manter em silêncio, não posso deixar isso acontecer. Eu amo a Mariah e isso nunca mudará", desabafou Cannon.

"Se a mídia quer me retratar como o cara mau, tudo bem. Mas é injusto reduzir pessoas inocentes na equação. Outras pessoas têm vida, famílias, carreiras. E, para a mídia, difamar é um direito diabólico e ilegal. Peço desculpas para qualquer um que se envolveu neste drama não comprovado. Enfim, grite com essas 'fontes'. Espero que tenha algum valor. Não se preocupe com minha vida, mas sim com o porquê de estar preocupado com minha vida", continuou.

+ Mariah Carey leva os filhos para a Disney

"E, finalmente, 'Problema no Paraíso' é a frase mais patética que já ouvi. Eu nunca diria essa m***. Agora, voltamos com nossa programação normal, em silêncio", completou.