musica Justificativa!

Matheus e Kauan se defendem após show em festa com 500 convidados

Dupla sertaneja Matheus e Kauan se defendeu após apresentação ocorrida na cidade de São Paulo

CARAS Digital Publicado domingo 11 julho, 2021

Dupla sertaneja Matheus e Kauan se defendeu após apresentação ocorrida na cidade de São Paulo
Matheus e Kauan se manifestam após polêmica em festa - Divulgação/Instagram

Os sertanejos Matheus (26) e Kauan (32) se manifestaram neste domingo, 11, após fazerem um show no final de semana em uma festa localizada nos Jardins, em São Paulo, com cerca de 500 convidados.

Por meio da assessoria de imprensa, a dupla negou que a celebração fosse clandestina, já que o evento foi interrompido por policiais devido às restrições locais por conta da pandemia da Covid-19.

De acordo com os artistas, eles foram contratados para fazer presença vip em um aniversário, que contaria com alguns amigos e familiares da anfitriã. Apesar disso, foram vendidos ingressos e a lotação seguiu maior do que o esperado.

"Infelizmente a parte Contratante não respeitou o pactuado, efetuando venda de ingressos sem nenhum comunicado e autorização, bem como também desrespeitou o acordado no que tange ao números de pessoas no local", dizia o texto.

Veja o comunicado na íntegra:

"A dupla Matheus & Kauan foi contratada para realizar uma presença VIP no aniversário de Lucyana Villar, no dia 10 de julho de 2021 em uma pequena confraternização para familiares e amigos.

No ato da contratação foi afirmado pelo contratante que seriam seguidos todos os decretos que regulam concentração de pessoas, adotando protocolos de segurança e que não haveria venda de ingressos.

Registra-se que a dupla realizou o teste no dia e o mesmo teve como resultado 'Não Reagente'.

Infelizmente a parte Contratante não respeitou o pactuado, efetuando venda de ingressos sem nenhum comunicado e autorização, bem como também desrespeitou o acordado no que tange ao números de pessoas no local.

CONFORME CLAUSULA CONTRATUAL

'Atender às exigências do Poder Público para realização de eventos, seja perante a Policia Militar, Policia Civil, Corpo de Bombeiros, Juizado de Menores, normas/exigências de acessibilidade, da Vigilância Sanitária, ECAD ou qualquer outro órgão similar privado, ou qualquer outra instituição, bem como arcar com os prejuízos oriundos da inobservância desta alínea, isentando em qualquer hipótese, a CONTRATADA'.

O departamento jurídico que assessora os artistas adotará as medidas cabíveis relativo ao descumprimento do contrato".

Último acesso: 17 Oct 2021 - 15:57:32 (394246).

Leia também

TV CARAS