Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS

Maria Rita: samba e amor às artes

Otavio Mesquita e Fred Reder celebram dois anos de teatro paulistano

CARAS Publicado em 31/07/2016, às 09h29

Maria Rita - SAMUEL CHAVES/S4PHOTOPRESS E MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS
Maria Rita - SAMUEL CHAVES/S4PHOTOPRESS E MANUELA SCARPA/BRAZIL NEWS

Com um repertório repleto dos mais variados sucessos do universo do samba, Maria Rita (38) fez uma irretocável e animada apresentação para celebrar os dois anos do Theatro NET São Paulo, com seu show Samba da Maria, agitando o público com as canções Coração em Desalinho, de Monarco (82), Não Deixe o Samba Morrer, famosa na voz de Alcione (68), e Alto Lá, de Zeca Pagodinho (57) e Arlindo Cruz (57), entre outras. “Fico muito honrada em fazer parte dessa festa. É muito gratificante haver um espaço como esse, onde se celebra a arte com tanto carinho e cuidado nos mínimos detalhes. Muitos e muitos anos de vida e que tenhamos cada vez mais casas como essa abrigando cultura pelo Brasil”, elogiou a cantora, que é paulistana e tem deixado o ritmo popular e tão amado pelos brasileiros guiar seus últimos trabalhos. “No samba, eu me sinto mais eu. É algo orgânico, muito íntimo, desde que eu era muito menina. Muito antes de pensar na carreira artística, essa paixão já me movia, porque é um gênero melodicamente e harmonicamente completo. Tem relação direta com a obra da minha mãe, e é uma força poderosa na minha trajetória”, costuma dizer ela, sem esquecer de citar a saudosa cantora Elis Regina (1945–1982).

Liderada por Frederico Reder (32), CEO da Brain+ e empreendedor cultural à frente da casa paulistana, a noite de festa contou também com as presenças do apresentador Otavio Mesquita (57), da artista plástica Bia Doria (49), do executivo Sérgio Habib (58), com sua Sandra Habib (60), do escritor Gabriel Chalita (47), dos empresários Sergio Waib (43), com a mãe, Neli Waib, e de Braulio Bacchi (55) com a filha Mariana Bacchi (13), além de Ane Lopes (43), diretora de comunicação da Claro, e de Hamilton Silva (48), diretor regional SP da América Móvil Brasil, com sua Giovana Jalowitzki (41), gestora comercial da Atento. “Em dois anos, foram mais de 400000 aplausos.E para celebrar o sucesso, uma noite linda, com uma diva no palco, a filha da diva das divas”, pontuou Fred, que comanda outra unidade do teatro no Rio. “A excelência está em primeiro lugar e isso é que faz sucesso no nosso negócio”, complementou ele, orgulhoso.