Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARAS
Música / luto

Maraisa faz homenagem a tio de Marília Mendonça, morto no acidente: ''Saudades eternas''

Recordando boas memórias, Maraisa escreve carta emocionante sobre Abicelí Silveira, que morreu ao lado de Marília Mendonça

CARAS Digital Publicado em 11/11/2021, às 17h01 - Atualizado às 19h11

Maraisa faz homenagem a tio de Marília Mendonça - Reprodução/Instagram
Maraisa faz homenagem a tio de Marília Mendonça - Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira, 11, Maraisa (33) utilizou suas redes sociais para fazer uma homenagem ao amigo, Abicelí Silveira Dias Filho, tio de Marília Mendonça (1995-2021) que faleceu junto à cantora no acidente aéreo que deixou o Brasil em luto.

Relembrando alguns momentos marcantes do assessor da rainha da sofrência, a sertaneja confessou toda a saudade e lamentou mais uma vez a perda tão precoce dos dois.

Silveira… Nosso fiel escudeiro! Nos últimos dias, nossas equipes estavam tão unidas, nosso produtor e as pessoas que ajudavam e cuidavam, sempre juntas! Boiolinha… Sempre cuidando da gente de uma forma leve, deixando que fôssemos quem realmente éramos, com a nossa autenticidade e, ao mesmo tempo, nos protegendo de tudo! Ao final de todo trabalho, você sempre dava seu parecer! Sempre nos colocando pra cima, nos mantendo confiantes e lembrando o quanto estávamos lindas e nosso trabalho era foda… Nunca deixando a peteca cair! Era nossos ouvidos em todos os lugares, nosso maior protetor mesmo! Extremamente carinhoso, engraçado, sempre nos mostrando fotos da filha e tudo que ela fazia, cada descoberta… Um paizão, também pra gente na estrada!”, escreveu ela na legenda da publicação.

- Maraisa mostra um dos últimos presentes que ganhou de Marília Mendonça

Impossível agradecer todos os momentos em que você nos entusiasmava, com as palavras certas nas horas certas! Deus é especialista em colocar pessoas abençoadas nos devidos lugares, sempre dizendo o que precisamos ouvir, e você era uma dessas pessoas! Se a gente desanimava, no primeiro minuto, você já reerguia as 3! Eu amava seus elogios, porque sempre foram muito sinceros! Ficávamos hospedados sempre nos mesmos andares dos hotéis, como uma família que sempre fomos! E era sempre um “Dorme com Deus!” com um beijo na testa! Tenho certeza de que, no momento que nós vivemos agora, seria o primeiro a falar: ‘Bora minha filha… Anima! Vocês são gigantes!!!’ Saudades eternas”, completou a irmã de Maiara (33).

A morte trágica de Marília Mendonça aconteceu no dia 5 de novembro, com a queda de sua aeronave na região de Caratinga, em Minas Gerais. Além dela e do tio, morreram também seu produtor, piloto e co-piloto.