Revista CARAS
Facebook Revista CARASTwitter Revista CARASInstagram Revista CARASYoutube Revista CARASTiktok Revista CARASSpotify Revista CARAS
Música / Desabafo

Mais uma vez, Anitta desabafa sobre ataques cibernéticos a respeito de seu posicionamento político

A cantora utilizou seu Instagram para falar mais uma vez do assunto

CARAS Digital Publicado em 19/09/2018, às 20h39 - Atualizado em 20/09/2018, às 11h38

Anitta - Instagram/Reprodução
Anitta - Instagram/Reprodução

Anitta foi alvo de uma polêmica envolvendo o candidato à presidência Jair Bolsonaro. Nesta quarta-feira, 19, foi descoberto que a cantora teria seguido um perfil associado ao político, e isso foi o suficiente para ela se tornar alvo de críticas.

No início desta noite, mais uma vez, a poderosa usou sua rede social para se posicionar sobre as ofensas que vem recebendo por questões políticas.

Em seu perfil do Instagram, ela publicou uma foto e desabafou na legenda: "Essa sou eu. Eu sou contra a violência, contra a discriminação de qualquer espécie. Sou contra o ódio e a intolerância. Sou a favor da igualdade de gênero, contra a homofobia e o racismo. Defendo a liberdade do outro de decidir o que fazer com seu corpo. Através da minha arte tento contribuir com o que posso para vivermos num mundo melhor e mais igualitário. Anos de trabalho na minha carreira de cantora em que apoiei de diversas maneiras as ideias em que acredito não vão ser apagados por não querer me envolver com política, pelo menos não para mim. Eu sou brasileira e quero que nosso país melhore assim como cada um de vocês."

A morena aproveitou para falar sobre os ataques cibernéticos que recebeu. "Eu nasci pobre e com muito esforço tenho conquistado meu caminho. Sofri por ser funkeira, favelada e ainda sofro por ser mulher. Eu não queria sofrer ainda mais com tanto ódio e ataques. Vivemos tempos difíceis e é esse o meu desejo. Qualquer coisa diferente do que citei acima não tem meu apoio, obviamente. Respeitem o próximo e suas decisões. Isso, sim, vai ajudar a sermos uma sociedade tolerante. Nós somos esse país", concluiu.

Durante essa tarde, ela já havia gravado alguns vídeos falando sobre o assunto. Ela tentou se justificar dizendo que o perfil era de uma amiga, mas que ela não se posicionaria politicamente, e ainda falou na importância do respeito às diferentes ideologias.